Buscar

Produção industrial cresce 0,2% entre outubro e novembro

Influenciado principalmente por veículos e caminhões, a produção industrial apresentou resultado positivo em novembro.

Na comparação com outubro, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o indicador avançou 0,2%.

André Macedo, um dos responsáveis pela pesquisa do IBGE, explicou que o dado tem características diferentes do que era observado antes de novembro. "Há predominância de resultados positivos em termos de atividade e categorias econômicas", afirmou.

Com exceção da categoria de produtos classificados como semiduráveis e não duráveis, que recuaram 0,5%, todas as outras avançaram entre outubro e novembro.

Os bens de capital, que estão fortemente ligados a investimentos por serem itens que fabricam outros, cresceram 2,5%.

Um avanço na produção de bens de capital é importante para a economia porque significam maior confiança no futuro, já que em algum momento esses produtos, quando estiverem em operação no mercado, vão levar a um aumento da produtividade e da produção do País.

Desempenho favorável na indústria

Também ficaram no azul os bens intermediários (0,5%), os bens de consumo (0,1%) e os bens duráveis (4%). Os itens classificados como duráveis são geladeiras, fogões, e outros eletrodomésticos e produtos que normalmente necessitam de financiamento e que só se deterioram com uso persistente por longo período de tempo.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.