Nova News

Menu

Terça, 28/02/2017

- Atualizado em

Fecomércio MS passa a emitir Certificado de Origem a empresários do Estado

Assessoria

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Mato Grosso do Sul (Fecomércio MS) está com um novo produto para atender aos interesses dos empresários do Estado, o Certificado de Origem, documento exigido para que as mercadorias se beneficiem do tratamento tarifário preferencial em países importadores que possuem acordos bilaterais de comércio com o Brasil.


O certificado será emitido em parceria com a Fecomércio do Paraná, que disponibiliza a plataforma da certificação. O coordenador Sindical da Fecomércio PR, Rodrigo Bregola, esteve em Campo Grande para uma capacitação aos colaboradores da Fecomércio MS que vão atuar na certificação. Ele explica que todo o processo será feito pela Federação, no Estado, com acesso à plataforma do Paraná, que tem autorização para emitir o certificado.


“Com esta parceria, Mato Grosso do Sul poderá emitir os certificados fazendo todo o processo por aqui, atendendo assim a uma demanda dos empresários locais, principalmente os que atuam na região de fronteira. É uma parceria que vem oferecer um serviço a mais, com a qualidade dos serviços e produtos da Fecomércio, e fortalecer ainda mais a categoria no Estado”, afirma.


O presidente da Fecomércio MS, Edison Araújo, explica que o objetivo da Federação é facilitar cada vez mais a vida dos empresários, atendendo às demandas que chegam até a entidade. “Essa é mais uma conquista da Federação em busca da excelência no atendimento às necessidades dos empresários locais. Ela impacta estrategicamente no crescimento e representatividade da Fecomércio MS, além de ofertar um novo produto à classe empresarial. A certificação de origem é um procedimento que representa o avanço nas relações comerciais, garantindo mais economia ao empresário e eficiência na comunicação entre empresas e as autoridades aduaneiras”, diz.


Os municípios da região de fronteira, Corumbá e Ponta Porã, contarão com um ponto de atendimento da Federação, para a emissão do certificado Certificado de Origem, na sede dos sindicatos patronais.


O Certificado de Origem é um documento exigido pelo Mercosul e pela Associação Latino-Americana de Integração – Aladi – para comprovação perante as autoridades aduaneiras, no País em que é feita a importação, de que a mercadoria nele descrita cumpre com os requisitos de origem vigentes no comércio intrarregional. Com a certificação, a mercadoria tem direito a reduções tarifárias previstas nos respectivos acordos.


Serviço– Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (67) 3311-4440. 

PUBLICIDADE

não hácomentários Não perca tempo e seja o primeiro a comentar esta notícia.

Código de segurança  Gerar outro código