Nova News

Menu

Terça, 17/01/2017

- Atualizado em

IFMS tem última semana de inscrições para cursos técnicos gratuitos em 4 municípios

Ascom/IFMS

Estudantes que já concluíram o ensino médio têm até a próxima quinta-feira, 12, para fazer a inscrição em cursos técnicos gratuitos do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS).


São 280 vagas em quatro municípios nos cursos de Agricultura, Desenho da Construção Civil, Informática, Informática para Internet e Zootecnia, todos na modalidade subsequente (pós-médio).


Também é oferecido o curso técnico integrado em Edificações, em Aquidauana, na modalidade Educação de Jovens e Adultos (Proeja). Neste caso, para concorrer a uma vaga, é preciso ter o ensino fundamental completo e 18 anos, no mínimo.


“Os cursos são uma excelente oportunidade para quem quer estar mais preparado para o mundo do trabalho. As inscrições são gratuitas e todo o curso não tem custo para o estudante. Basta apenas a vontade de estudar”, explica Tânia Brizueña, diretora executiva de Políticas de Ensino e Educação dos Campi do IFMS.

Os interessados podem se inscrever pela Página do Candidato da Central de Seleção do Instituto. O endereço é www.ifms.edu.br/centraldeselecao.

São ao todo 280 vagas ofertadas em quatro municípios; entre estes Nova Andradina (Imagem: Divulgação)

A oferta é para os municípios de Aquidauana, Campo Grande, Nova Andradina e Ponta Porã, conforme a tabela abaixo.


Todas as regras do processo seletivo estão dispostas no edital, publicado na Central de Seleção.

Ação afirmativa (cotas) – Metade das vagas é reservada a candidatos que cursaram a escolaridade mínima exigida na rede pública, comprovarem renda familiar mensal per capita de até um salário mínimo e meio e/ou se autodeclararem pretos, pardos e indígenas.


A opção por essas vagas deve ser manifestada no ato da inscrição. Posteriormente, uma comissão do IFMS fará a verificação da autodeclaração dos candidatos pretos e pardos com base nas características fenotípicas dos mesmos.


Processo seletivo – A seleção e a classificação dos candidatos serão feitas por meio de sorteio eletrônico, marcado para 16 de janeiro. O resultado preliminar está previsto para ser divulgado no dia seguinte.

No Campus Campo Grande haverá uma reunião, no dia 31 de janeiro, para confirmação de interesse na vaga.


As matrículas em todos os campi onde são ofertadas vagas serão realizadas em fevereiro. O ingresso dos selecionados ocorrerá no primeiro semestre letivo de 2017.


Cursos – Nos subsequentes, o estudante cursa a formação técnica na área escolhida por um período de um ano e meio. O diploma é válido para o exercício profissional.


No Proeja, as disciplinas básicas do ensino médio são ofertadas de maneira articulada às da formação técnica. O curso tem duração de três anos. Ao final, o concluinte poderá ingressar no mercado de trabalho ou no ensino superior.


Ampliação da oferta de vagas


Em 2017, o Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) ampliou em 17% o número de vagas ofertadas na graduação, chegando a 750 vagas em dez cursos. No ano passado, a instituição abriu 640 vagas para nove opções de cursos.


O crescimento deve-se à abertura do curso de Engenharia de Pesca, em Coxim, com a oferta de 40 vagas; e à ampliação do número de vagas no curso de Tecnologia em Sistemas para Internet em Campo Grande (40) e Corumbá (30).


Os cursos são oferecidos nos campi Aquidauana, Campo Grande, Corumbá, Coxim, Naviraí, Nova Andradina, Ponta Porã e Três Lagoas (confira a tabela abaixo).


O edital do processo seletivo está publicado na Central de Seleção do IFMS. O endereço é www.ifms.edu.br/centraldeselecao.


Inscrições – O período de inscrições seguirá o cronograma do Sistema de Seleção Unificado (Sisu), que deverá ser divulgado na primeira quinzena de janeiro na página do Sisu e na Central de Seleção do IFMS.


Poderão se inscrever candidatos que prestaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2016, e que obtiveram nota acima de zero na redação e em todas as áreas do conhecimento.


No edital do IFMS, o candidato pode ter acesso ao Termo de Adesão, no qual constam as notas mínimas para ingressar nos cursos.


Ação afirmativa (cotas) – Metade das vagas ofertadas é reservada aos candidatos que cursaram todo o ensino médio na rede pública. Desse total, há cotas aos que comprovarem renda familiar per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio, e aos que se autodeclararem pretos, pardos ou indígenas. A condição de beneficiário de ação afirmativa (cotas) deverá ser informada no ato da inscrição.


Bônus local – Os candidatos inscritos na ampla concorrência poderão ter um bônus de 20% sobre a nota do Enem. Trata-se de uma ação afirmativa do IFMS de caráter local.


Nesse caso, o candidato deve residir e ser domiciliado na área de abrangência do campus onde concorre à vaga. A relação dos municípios contemplados consta no edital do processo seletivo. A opção pelo bônus local também deve ser feita no ato da inscrição.


Sisu – É o sistema informatizado do Ministério da Educação (MEC) no qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas para candidatos participantes do Enem.


O Sisu é realizado duas vezes por ano, sempre no início do semestre letivo. A inscrição é gratuita e feita pela internet.

PUBLICIDADE

não hácomentários Não perca tempo e seja o primeiro a comentar esta notícia.

Código de segurança  Gerar outro código