Coluna Connect

Menu

Domingo, 04/12/2016

- Atualizado em

Justin Bieber é levado dentro de camburão para a prisão

O cantor não teve nenhum benefício e foi tratado como qualquer preso após ser ouvido e fazer exames na delegacia de Miami

caras

O cantor Justin Bieber foi transferido para a prisão dentro de um camburão da polícia por volta das 13h40 desta quinta-feira, 23.


No presídio, o astro teen foi fichado e fotografado para o arquivo. A emissora ABC divulgou a primeira foto do cantor na prisão, com um grande sorriso no rosto.


ENTENDA O CASO

Segundo o site TMZ, Justin foi parado pela polícia ao ser flagrado participando de uma corrida de carro com mais um amigo, Khalil, em um bairro residencial da cidade. Ele havia acabado de deixar uma casa noturna na badalada Lincoln Road e dirigia a 100 km/h, quando a velocidade máxima permitida era de 50 km/h.


Por volta das 13h30, Justin foi levado para a prisão dentro de um camburão da polícia 


O cantor fez o teste do bafômetro no local, que apontou que ele estava sob efeitos de substâncias ilícitas e foi levado para a delegacia após resistir à prisão -- ele se recusou a tirar as mãos do bolso ao receber a ordem dos policiais. O cantor foi levado para prestar depoimento em uma delegacia e fazer exames de sangue. A carteira de Justin, do estado da Georgia, também estava vencida desde junho de 2013.


De acordo com informações locais, ele estava com uma modelo em um Lamborghini amarelo. Seu amigo Khalil dirigia um carro da mesma marca, só que vermelho. Mais cedo, ele havia publicado uma foto em sua conta no Instagram se exibindo em frente aos automóveis -- a foto foi deletada horas depois, mas a CARAS Digital recuperou a imagem (veja abaixo). Na legenda, ele agradecia às duas empresas que teriam emprestado o veículo para ele se divertir à noite.


Justin deverá ser encaminhado para a prisão após deixar a delegacia, onde será fichado e processado. Após pagar uma fiança a ser estipulada -- de no máximo US$ 1 mil e prestação de serviços comunitários --, deverá ser liberado para responder ao processo em liberdade, uma vez que é réu primário. Mas por enquanto, a polícia trabalha para manter Bieber sob detenção para ajudar nas investigações. 


As leis da Flórida são rígidas e não permitem que menores de 21 anos dirijam sob influência de substâncias caso tenham 0,02% de álcool no sangue. A tolerância passa para 0,08% para maiores de 21 anos. Justin deverá perder ainda sua licença para dirgir durante um ano.

A polícia de Miami também confirmou a prisão em sua conta no Twiiter na manhã desta quinta-feira, dizendo que Bieber foi preso por 'influência de bebida alcoólica e racha' e que mais informações seriam divulgadas ao longo do dia.


Segundo depoimento do chefe de polícia Raymond Martinez para o jornal Miami Herald, testes apontaram que Justin estava sob efeito de drogas e que ele estava "incoerente". "Quando os carros estavam naquela velocidade, levou um tempo para alcançá-los. A noite estava fria e as ruas, vazias. Foi então que os policiais ouviram o barulhos dos carros", disse o delegado.


Policiais que fizeram a prisão do cantor disseram que Bieber confessou ter bebido álcool e ter fumado maconha durante todo o dia. Também alegou que estava sob efeito de remédios antidepressivos. Logo após a abordagem, Justin começou a falar palavras de baixo-calão para os policiais.


A polícia local de Opa-locka já realizava uma investigação interna na corporação desde segunda-feira, 20, quando Bieber foi visto com escolta da polícia local deixando um club de stripper. Por ser menor de 21 anos, ele também é proibido de frequentar as boates. O cantor recebeu ainda outra escolta policial da cidade ao desembarcar em Miami, o que não havia sido oficialmente autorizado.


não hácomentários Não perca tempo e seja o primeiro a comentar esta notícia.

Código de segurança  Gerar outro código