Nova News

Menu

Terça, 21/02/2017

- Atualizado em

Sistema do Fies será aberto para alunos na próxima segunda (16)

Portal Brasil

O Sistema Informatizado do Fies (SisFies) foi aberto na segunda-feira (9) para as instituições para os contratos formalizados até 31 de dezembro de 2016. Já para os alunos, o sistema ficará disponível em 16 de janeiro.


A primeira parte, com as instituições, foi iniciada mais cedo para evitar transtornos aos estudantes para concluir o processo de aditamento (renovação). O sistema seguirá aberto até 30 de abril.


O SisFies facilita o acesso, pela internet, para renovações, inscrições e informações sobre financiamento estudantil em instituições particulares de educação superior.


Quando aberto, as instituições de ensino usam o sistema para a inserção de dados sobre cada contrato, que posteriormente devem ser confirmados pelos próprios estudantes.


Balanço

O Fies encerrou o ano com saldo positivo. A dilatação dos prazos para a renovação dos financiamentos permitiu que quase a totalidade dos interessados (98%) conseguisse concluir os aditamentos. O investimento do governo federal foi de R$ 8,6 bilhões.


Os pagamentos aos agentes financeiros do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) — Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil — e às instituições de ensino foram efetuados em 27 de dezembro, graças ao empenho do MEC junto ao Congresso Nacional para a aprovação de crédito suplementar de R$ 702 milhões.


Além disso, foram criadas 75 mil vagas para o segundo semestre de 2016. "Para 2017 foram garantidos ao Fies R$ 21 bilhões, de forma a dar continuidade aos financiamentos, manutenção dos contratos com os agentes financeiros e abertura de vagas", disse o presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Silvio Pinheiro.


Fies

O Fies oferece financiamento de cursos superiores em instituições privadas a uma taxa de juros de 6,5% ao ano. O aluno só começa a pagar a dívida após a formatura.


O percentual do custeio é definido de acordo com o comprometimento da renda familiar mensal bruta per capita do estudante. Atualmente, mais de 2 milhões de estudantes participam do programa.

PUBLICIDADE

não hácomentários Não perca tempo e seja o primeiro a comentar esta notícia.

Código de segurança  Gerar outro código