Buscar

Família agradece bombeiros de Nova Andradina por atendimento que salvou a vida de um bebê de 45 dias

Cb image default
Segundo o Cabo Amarante, a atitude de a família ter passado no quartel para agradecer os militares é gratificante - Divulgação

Neste domingo (18), uma família da cidade de Nova Andradina compareceu no quartel do Corpo de Bombeiros para agradecer aos militares o atendimento dispensado a um bebê com 45 dias de vida. Segundo a família, os procedimentos realizados pelos socorristas foram essenciais para o salvamento da criança.

Conforme apurado pelo Nova News, na última quarta-feira (14), por volta das 20h30, o casal Eduardo Vinícius Azevedo e Larissa Mara Gonçalves estavam em sua residência, na região do Jardim Universitário quando, ao amamentar o recém-nascido Miguel Henrique Gonçalves de Oliveira, a mãe percebeu que algo errado havia ocorrido.

Segundo ela, a criança aparentemente teria se engasgado com o leite, momento em que família entrou em contado com o 193 do Corpo de Bombeiros. Por telefone, os socorristas deram algumas orientações à família, porém, como a criança respirava normalmente, o caso não foi considerado de emergência.

Os pais do garoto disseram ter carro e afirmaram que levariam a criança até o Hospital Regional (HR), sem necessidade de deslocamento de uma viatura. No entanto, no trajeto até a unidade de saúde, os pais perceberam que a criança já não conseguia respirar como antes. Com a coloração arroxeada e ameaça de desmaio, o casal decidiu passar pelo Quartel dos Bombeiros, que fica a caminho do hospital.

Naquele momento, os plantonistas Sargento Cláudio, Cabo Amarante, Cabo J. Silva e Soldado Eleandro, realizaram uma avaliação prévia, colocaram a criança em uma viatura e a encaminharam de forma rápida para o HR. Já no hospital, após uma avaliação mais detalhada, foi apurado que o garoto havia bronquioaspirado o leite, ou seja, o alimento havia entrado no canal que leva ar aos pulmões.

Devidamente medicada, a criança permaneceu no Hospital Regional até por volta das 13h deste domingo (18), quando recebeu alta médica. Logo que saiu do HR, a família decidiu visitar o Corpo de Bombeiros para agradecer o atendimento recebido. Segundo o Cabo Amarante, a atitude de a família ter passado no quartel para agradecer os militares é gratificante. “Nosso dever é salvar vidas e demonstrações de gratidão como esta nos incentivam ainda mais em nossa missão”, disse ele, ao frisar que os bombeiros estão à disposição da população 24h pelo telefone 193.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.