Buscar

Cortes de carne vermelha têm reajustes de mais de 10% em MS

Informação é do Núcleo de Estudos e Pesquisas Econômicas e Sociais.Patinho teve reajuste em 13,01% e acém e a agulha de 13,30%.

No último ano, mais de dez cortes tiveram mais de 10% de reajuste em Mato Grosso do Sul. O patinho aumentou 13,01%, o lagarto 13,15%, o acém e a agulha 13,30%, a paleta 15,29%, o músculo 49,68% e o fígado 50,72%. As informações são do Núcleo de Estudos e Pesquisas Econômicas e Sociais (Nepes).

De janeiro a maio de 2015, a carne teve um aumento considerável, com relação ao mesmo período do ano de 2014.

A promotora de vendas Taina Nunes Araujo comenta que  o preço está salgado e que perguntou ao açougueiro o preço do coxão mole e ele passou o da picanha. “Não, aí não dá,” diz.

Os consumidores precisam improvisar substituindo alguns cortes por outros mais baratos. O vendedor Lucas Santos Nascimento afirma que o sabor não é o mesmo. "Trocar um bife por uma coxinha da asa não dá. Acabo pagando caro mesmo", afirma.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.