Buscar

Em cerimônia, Brasil é consagrado ao Imaculado Coração de Maria

Evento aconteceu no Palácio do Planalto na tarde desta terça-feira (21)

Imagem: Marcos Corrêa / Reprodução / EBC

Cb image default

O presidente Jair Bolsonaro participou, na tarde desta terça-feira (21), do evento de assinatura do Ato de Consagração do Brasil a Jesus por meio do Imaculado Coração de Maria. A cerimônia aconteceu no Palácio do Planalto, às 14h, e teve como motivação o ofício 0129/2019 – GAB-CD, de autoria do deputado federal Eros Biondini (PROS_MG).

Estiveram presentes Dom Fernando Arêas Rifan, bispo da Administração Apostólica Pessoal São João Maria Vianney e Dom João Evangelista Martins Terra, bispo auxiliar emérito de Brasília, além de representantes de movimentos, comunidades e pastorais.

“É um gesto singelo, de fé, de amor, e de muita importância não só para os católicos, mas para todo o Brasil.”, destacou Eros.

Para padre Oscar Pilloni, da Comunidade Gospa Mira, a consagração feita neste dia foi “algo espiritual, algo invisível, de valor incalculável.”

Foi rezado um mistério do terço e cantada a música mariana “Minha Mãe, minha Rainha” com os presentes.

Dom Rifan e Dom Terra, juntamente com o padre Oscar Pilloni e o deputado Eros Biondini foram convidados a assinar o termo de entrega do ato de Consagração ao Ministro Chefe da Secretaria Geral da Presidência da República, Floriano Peixoto Vieira Neto.

“Agradeço ao presidente por abrir um espaço e estar aqui conosco para este evento tão importante. (…) Este espaço assim como todas as nossas dependências públicas, são espaços onde se professam a fé cristã.”, disse o Ministro.

Floriano Peixoto agradeceu também aos presentes, e pediu orações pelos trabalhos do governo, do STF e do legislativo:

“Que Deus ilumine a todos nós, para que consigamos atingir os nossos objetivos, de dignificar o cidadão, levar nossos irmãos, sobrinhos, primos, filhos a uma condição melhor, a uma condição justa, melhor, a todos nós.”

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.