Buscar

Ministério Público do Trabalho contesta atuação de crianças na Copa

Procurador Rafael Dias afirma que atividade de gandula é inadequada para menores de 18 anos. Decisão do Conselho Nacional de Justiça liberou a participação de crianças a partir de 12 anos no mundial do Brasil.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.