Buscar

400 pessoas se inscrevem para doação voluntária de medula óssea em Anaurilândia

A campanha foi realizada neste sábado (03) no município

Foto: Divulgação

Cb image default

Uma campanha realizada pela Secretaria de Saúde de Anaurilândia, em parceria com o Hemosul (Centro de Hematologia e Hemoterapia) de Campo Grande, coletou pouco mais 400 cadastros de pessoas que se inscreveram para serem doadoras voluntárias de medula óssea no município .

A campanha realizada neste sábado (03) em uma Unidade Básica de Saúde (UBS) da cidade, surpreendeu os organizadores superando as metas planejada pela equipe.

A campanha que está sendo realizada em todo país é inspirada em Samuel, um jovem de 20 anos, que estuda na Universidade Estadual de Londrina (PR) e vem enfrentando a leucemia pela terceira vez em menos de 10 anos.

A campanha explica ainda que assim como Samuel, no Brasil centenas de pessoas estão na fila do REDOME (Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea), aguardando por um transplante.

De acordo com Edemir Palmeira (Pachú), secretário de Saúde do município, o número alcançado em Anaurilândia é motivo para comemoração, pois segundo ele, a busca por doadores voluntários de medula no país é grande, já que apenas 1 em cada 100 mil pessoas surgem com doadores compatíveis. “Somos gratos pela resposta alcançada pela nossa população ao chamamento. Essa campanha é de suma importância para ajudar milhares de pessoas que lutam pela vida. Estamos no lema da campanha, ou seja, em busca do par perfeito “, explica.

Edemir ressalta ainda, que para alcançar o sucesso foi preciso contar com apoio, tanto do Hemosul, quanto de servidores da Saúde e voluntários do município.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.