Publicado em 07/03/2014 às 15:02, Atualizado em 26/04/2017 às 08:38

Agepan realiza fiscalização na região de Bataguassu

, Agepan
Fiscalizações são realizadas em várias regiões de MS (Foto: Agepan)

Atuando em conjunto com a Polícia Militar (PM), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Guarda Municipal de Dourados, a Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de MS (Agepan) realizou diversas operações de fiscalização nos veículos do transporte interestadual em trânsito por Mato Grosso do Sul e no transporte rodoviário intermunicipal de passageiros durante o mês de fevereiro. 

 

No mesmo período, também foram realizadas fiscalizações em caminhões do transporte nacional de cargas em passagem pelo Estado. As operações foram realizadas nas regiões de Dourados, Rio Negro, Corguinho, Naviraí, Itaquiraí, Corumbá, Fátima do Sul, Terenos, Bandeirantes, Jaraguari, Nova Alvorada do Sul, Bataguassu, Brasilândia, Três Lagoas e Água Clara. 

 

Durante essas operações foram abordados 267 (duzentos e sessenta e sete) veículos entre ônibus, microônibus e caminhões, resultando na aplicação de 3 Autos de Infração em três empresas clandestinas realizando transporte de passageiros na modalidade fretamento, sem autorização da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e 4 Autos de Infração no transporte de cargas por irregularidades diversas, como falta de porte de Nota Fiscal e Conhecimento de Transporte e caminhão sem identificação da ANTT.

No transporte intermunicipal de passageiros foram emitidos 27 Autos de Infração (AI) por vários motivos: realização de transporte de passageiros sem autorização específica, utilização de veículos não registrados na Agepan, modificação de horário sem autorização, transporte de passageiro sem bilhete de passagem, transporte de passageiros em pé.

Durante essas operações de fiscalização volante, com o apoio do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTRAN), foi apreendido um veículo particular Fiat Uno por estar realizando transporte clandestino de passageiros na modalidade lotação, de Ribas do Rio Pardo a Campo Grande, cobrando individualmente pelo deslocamento. O referido veículo já havia sido denunciado na Ouvidoria da Agepan pela prática desse tipo de irregularidade.

Também foi apreendido um ônibus da empresa Indasul que realiza o transporte de trabalhadores de usina na região de Dourados para Fátima do Sul. O veículo estava com cadastro na Agepan e vistoria vencidos.