Buscar

Agraer de Nova Andradina orienta sobre produção de silagem de capim mombaça

Produtores rurais do município recebem orientações de como desenvolver produção

Todos os anos a pecuária leiteira e de corte sofre com o período de inverno em nossa região. Período este frio e seco, que diminui o crescimento das pastagens e resulta em diminuição na produção do leite, carne, emagrecimento dos animais e em alguns casos até a morte destes por falta de alimento.

Uma das formas de resolver este problema é o armazenamento de alimento produzido no período das águas sob a forma de silagem. A silagem mais comum é a do milho ou sorgo, mas também tem se obtido bons resultados com o milheto e capins: em especial o capim mombaça.

Cb image default
Trabalho foi realizado no lote do produtor Ilson Luiz da Silva, no Assentamento Teijin - Fotos: Agraer

Com o intuito de fornecer alternativas para o produtor rural, a Agraer (Agência de Desenvolvimento e Extensão Rural) de Nova Andradina vem orientando a produção de silagem de capim mombaça. Neste caso foram feitos 2,5 hectares, onde se recomendou calagem, adubação, e com 90 dias após formada a pastagem, foi feita a ensilagem. O trabalho foi realizado no lote do produtor Ilson Luiz da Silva, no Assentamento Teijin.

A silagem de mombaça apresenta algumas vantagens como maior resistência a estiagens, menor custo de produção, facilidade de plantio, possibilidade de nova ensilagem ou pastoreio da área após a silagem, mostrando-se também uma alternativa interessante como alimento para bovinos no período seco. Mais informações junto a Agraer Nova Andradina pelo telefone (67) 3441-1779.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.