Buscar

Agricultores de Nova  Andradina e região sofrem com quebra na soja

Safra  2014  de  soja  sofreu  queda  de,  pelo  menos,  50% na  região

Agrônomo explica que safra ficou abaixo do esperado (Foto: Germino Roz/Nova News)

A safra de soja em 2014, na região do Vale do Ivinhema, era estimada em, pelo menos, 55 sacas por hectare, porém, devido às altas temperaturas, essa estimativa caiu e, hoje, a média por hectare é de 22,5 a 23 sacas. As informações são do engenheiro agrônomo da Cooperativa de Grãos de Nova Andradina (Coopergrãos), Mario Kia.

Segundo ele, a variação da temperatura, nos últimos dias do mês de janeiro de 2014 e primeiros dias de fevereiro, contribuiu de forma expressiva para o não desenvolvimento da planta. "Devido a esse forte calor, algumas plantas ficaram praticamente queimadas, o que resultou em uma colheita precoce”, frisou Mario.

 

O agrônomo destacou que o ciclo da lavoura foi interrompido. “A folhagem morreu, os grãos ficaram miúdos e a vagem chocha”. De acordo com ele, existe um volume muito grande de grãos esverdeados, isso se dá porque a planta morreu antes do tempo e a clorofila ficou presa nos grãos.

Grãos perderam qualidade devido ao rigoroso calor ocorrido durante a safra (Foto: Germino Roz/Nova News )

O gerente geral da cooperativa, José Antônio, falou sobre a alta na saca da soja, que era avaliada em R$ 50 e, hoje, já se encontra no valor de R$ 61. “A alta na saca já chega a 20% do que era esperado. Para o agricultor, isso é bom, porque é uma maneira de amenizar os prejuízos da colheita, mas para quem compra é um aumento de grande proporção”, finalizou.

Soja e Suas Utilidades

Atualmente, a soja se tornou uma das matérias-primas mais consumidas pela população brasileira. É possível encontrá-la na alimentação humana através de vários alimentos como o óleo, margarina, sorvete, biscoitos, temperos, yogurts, entre outros. Na alimentação animal, através de farelos e rações. Na produção do biodiesel e até mesmo em produtos voltados a saúde, que por ser um antioxidante, diminui o risco de doenças cardiovasculares.

A soja se tornou uma das matérias-primas mais consumidas pela população brasileira (Foto: Nova News)

Soja no Brasil

A soja chegou ao Brasil através dos Estados Unidos em 1882, no entanto não era potencializada como uma planta produtora de grãos para a indústria de farelos e óleos vegetais, era utilizada apenas para consumo animal e estudada mais como cultura forrageira.

Só a partir da década de 1960 que a soja foi se estabelecer como cultura economicamente importante para o país, sua produção foi multiplicada por cinco e na década seguinte, já estava consolidada como um dos principais produtos do agronegócio brasileiro.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.