Publicado em 13/08/2019 às 10:59, Atualizado em 13/08/2019 às 16:06

Anaurilândia - Com incentivos do município, fábrica de ração animal deve começar operar nos próximos dias

Outras empresas também estão em fase de instalação

José Almir Portela, Redação Nova News

Uma fábrica de pequeno porte que irá produzir ração animal deve começar operar nos próximos dias no município de Anaurilândia. A empresa faz parte de um programa de incentivo à pequena e média empresa, instituído pela Prefeitura Municipal, que visa apoiar empresários interessados em investir na cidade.

Além de ração, a empresa irá trabalhar com outros seguimentos de nutrição, além de produtos na área de infraestrutura para pequenas, médias e grandes propriedades.

Cb image default
Secretário de Desenvolvimento Econômico e Sustentável, Indústria e Comércio, Elizeu Muchon, visitou a fábrica - Imagem: Nova News

De acordo com Júnior Prado, proprietário da empresa, a instalação em Anaurilândia se deu graças ao apoio vindo por parte política de incentivos da Administração Municipal.

Segundo ele, a empresa deve começar gerando cerca de 10 empregos, porém, o empreendedor já prepara uma área e finaliza um projeto de ampliação, que deverá abrir outras oportunidades trabalho.

Na tarde desta segunda-feira (12), o secretário de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio, Elizeu Muchon, visitou a fábrica e elogiou a força de vontade do pequeno empresário em começar operar com sua capacidade máxima.

Muchon disse que o município vive um bom momento e a política de incentivos oferecida pelo Poder Executivo já começa dar resultados.

O secretário afirma ainda que outras duas empresas estão aguardando apenas a autorização para começarem as instalações no município e que o conselho de desenvolvimento econômico deve se reunir nos próximos dias para analisar as propostas.

Recentemente, um laticínio de pequeno porte começou operar em um assentamento do município, sendo que esta empresa também recebeu incentivos do Poder Público Municipal.

Anaurilândia já conta com um frigorífico e uma fábrica de produtos derivados de mandioca. Juntas, estas empresas oferecem um bom número de empregos.

Para o prefeito Edinho Takazono (PSDB), essas pequenas empresas já começam gerando vagas que, se somadas, fazem a diferença para a economia local.

Ainda em suas palavras, todos os empreendimentos citados têm potencial de crescimento, o que deve gerar resultados ainda mais satisfatórios.

“Não existe outra saída para que uma cidade se desenvolva a não ser a política de geração de emprego e renda. Temos outras áreas em que estamos focados, como saúde e educação, porém, o cidadão poder trabalhar, receber o seu salário e ter sua vida financeira ativa é algo que promove a sua dignidade”, finaliza.