Buscar

Após denúncia do Nova News, transbordamento de fossas em Batayporã deverá ser resolvido

Ampliação e ativação da rede de esgoto na cidade deve começar dentro de 50 dias

Cb image default
Em períodos chuvosos, transbordamento de fossas no entorno da Lagoa do Sapo afeta dezenas de moradores - Imagem: Acácio Gomes / Nova News

No dia 03 de janeiro deste ano, o Nova News levou ao ar reportagem sobre a situação crítica enfrentada pelos moradores residentes no entorno da Lagoa do Sapo, em Batayporã. Devido à época chuvosa, a umidade da terra na região estava tão elevada que as fossas sépticas transbordaram e inundaram as ruas com água contaminada.

Uma equipe do Nova News esteve no local e constatou a veracidade dos fatos. O que pareciam ser poças de água da chuva, na verdade eram acúmulos de esgoto que brotava das fossas existentes no local. São dezenas de residências na mesma situação, sendo que, a área mais crítica é a quadra da Rua José Adelino da Rocha, entre as ruas Elpídio Lucas Arantes e João Antônio da Silva.

Cb image default
Após ativação da rede de esgoto, fossas deverão ser interditadas e aterradas, acabando com o vazamento de água contaminada - Imagem: Acácio Gomes / Nova News

Na ocasião, uma questão levantada pelos moradores é que no local, há uma rede de esgoto que está desativada. O descontentamento das pessoas entrevistadas é que a Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (SANESUL) havia realizado a ativação da rede de esgoto apenas em uma parte da região central da cidade, deixando de fora a área, tida como prioritária por aquelas famílias.

O caso foi levado pelo Nova News até Prefeitura Municipal, ao escritório local da Sanesul e também à assessoria de comunicação empresa, em Campo Grande. Dias depois, o presidente da Sanesul, Luiz Rocha, entrou em contato com o site para comentar o caso. Na oportunidade ele afirmou que, a partir do segundo semestre de 2018 a empresa iria dar sequência à construção, ampliação e ativação da rede de esgoto na cidade e que aquela população do entorno da Lagoa do Sapo seria atendida..

Cb image default
Poder Executivo de Batayporã havia solicitado ao Governo do Estado que ative rede de esgoto na área afetada com urgência - Imagem: Acácio Gomes / Nova News

De fato, nos últimos dias, foi divulgado que Batayporã está entre os 16 municípios de Mato Grosso do Sul que serão beneficiados com o programa Avançar Cidades – Saneamento. Na última semana, o prefeito Jorge Takahashi assinou convênio com o Governo do Estado para obras de ampliação de sistemas de coleta e tratamento de esgoto. Os investimentos serão na ordem de R$ 4.592.479,66.

No município serão implantados de mais de 17.493,50 metros de rede coletora de esgoto, 1.543 ligações domiciliares e a construção de uma estação elevatória de esgoto bruto e linha de recalque. O prefeito, por meio de sua assessoria, garantiu que as obras vão resolver a problemática do transbordamento de fossas nas proximidades da Lagoa do Sapo.

A estimativa do Governo do Estado é que as obras nos municípios contemplados, inclusive em Batayporã, comecem entre 40 e 50 dias, após finalizado o processo licitatório para seleção das empresas que executarão os serviços. (Com informações da assessoria).

Cb image default
Prefeitura Municipal mapeou pontos mais críticos e que necessitam de rede de esgoto em caráter emergencial - Imagem: Acácio Gomes / Nova News

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.