Buscar

Após estragos das últimas chuvas, Prefeitura de Batayporã inicia recuperação de estradas rurais 

A Secretaria de Obras, em parceria com a Secretaria de Agricultura, iniciou, na manhã desta segunda-feira (23), os serviços de recuperação dos trechos mais precários das estradas da zona rural de Batayporã. De acordo com prefeito Beto Sãovesso (PSDB), além da cheia da Lagoa do Sapo, as chuvas também causaram estragos enormes nas estradas rurais que cortam o município, gerando prejuízos e transtornos aos seus usuários.

"Iniciamos o ano fazendo uma revisão geral em todos os trechos da zona rural, prevendo o inicio das aulas, época em que os ônibus da frota municipal iniciam ao transporte de alunos, mas infelizmente, todos os serviços foram em vão, pois a chuvas voltaram a deixar as estradas em péssimo estado", lamentou o prefeito. De acordo com cronograma elaborado pela Secretaria de Obras, os reparos mais urgentes têm como objetivo oferecer condições de tráfego em alguns trechos considerados intransitáveis por causa das crateras abertas pelas fortes enxurradas.

Prefeito visitou os locais acompanhado do secretário de agricultura do município (Foto: Divulgação)

Devido ao fato de a terra ainda estar encharcada e haver muita lama nas estradas, o secretário de Agricultura, Ney Giacominni, lembra que os trabalhos deverão ser acelerados a partir dos próximos dias, na intenção de se aproveitar os momentos de estiagem, o que poderá facilitar os trabalhos. Ele ressalta que a raspagem mecânica foi iniciada já no começo da tarde desta segunda-feira, nas estradas que dão acesso aos assentamentos São João, São Luiz e Mercedina.

Segundo o responsável pela coordenação dos trabalhos de recuperação de estradas rurais do município, Valdemir Rodrigues, a malha viária danificada, que compreende todos os trechos de estradas do perímetro municipal, é de aproximadamente 300 quilômetros. O coordenador calcula que, mesmo que as chuvas deem uma trégua, serão necessários cerca de 30 dias de trabalho para que todos os trechos sejam devidamente recuperados.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.