Quarta, 11 de Dezembro de 2019
Buscar

Após estudo detalhado, Bombeiros de Nova Andradina implantam Operação Presença

Objetivo da medida é manter equipes em locais críticos para prevenir e atender acidentes

O 3º Subgrupamento do Corpo de Bombeiros (SGB) de Mato Grosso do Sul, com sede em Nova Andradina, realizou levantamento detalhado com relação às ocorrências de acidente de trânsito na área urbana do município. O objetivo do estudo foi monitorar as áreas com maior incidência de casos para minimizar o tempo de espera das vítimas por socorro e também realizar ações preventivas. A “Operação Presença” visa a colocação de equipes nos locais mais propensos a tais fatalidades.

Viaturas colocadas em locais estratégicos da cidade visa prevenir acidentes (Foto: Márcio Rogério/Nova News)

Para montar o banco de dados, o Corpo de Bombeiros registra todos os acidentes atendidos no Sistema Integrado de Gestão Operacional (SIGO), que é uma ferramenta utilizada por todas as forças de segurança de Mato Grosso do Sul. Segundo o 3º SGB, ocorrem, em média, dois acidentes de trânsito por dia na cidade, desta forma, as equipes poderão se programar para atender esta demanda. Nas palavras do cabo Gabriel Hipólito, responsável pelo estudo, o trabalho é muito difícil devido à grande quantidade de dados, porém, o resultado poderá ser muito positivo. “Saber que vidas serão salvas, compensa nosso esforço e dedicação”, afirma.

Cabo Gabriel Hipólito é o responsável pela compilação dos dados estatísticos (Foto: Márcio Rogério/Nova News)

Conforme os dados coletados, entre as ocorrências atendidas estão, queda de moto, colisão de moto com carro, colisão de carro com carro, colisão de moto com moto, capotagem, atropelamento de ciclista e atropelamento de pedestre. Foram detectados três pontos principais onde estes acidentes mais acontecem. São eles, o ponto “A”, no cruzamento da Avenida Antônio Joaquim de Moura Andrade com a Avenida Alcides Meneses de Farias; o ponto “B”, na Avenida Antônio Joaquim de Moura Andrade, entre os cruzamentos com a Rua da Saudade e Imaculada Conceição; e o ponto “C”, na Avenida José Heitor de Almeida Camargo, com a Rua Redentor.

O Corpo de Bombeiros também elaborou levantamento com relação aos dias da semana em que mais ocorrem acidentes. Segundo o estudo, em primeiro lugar, com maior número de ocorrências, está a sexta-feira, seguida pelo sábado e pelo domingo, em outras palavras, os fins de semana são acometidos por mais ocorrências, enquanto a quinta-feira é o dia da semana com menos registros de fatalidades ligadas ao trânsito em Nova Andradina. 

Ainda segundo o Corpo de Bombeiros, além dos dias da semana, a pesquisa conseguiu precisar as horas do dia em que mais ocorrem acidentes. De um universo de 40 acidentes ocorridos às sextas-feiras, seis foram entre 03h01 e 09h; oito foram entre 09h01 e 15h; 14 entre 15h01 e 21h e 12 entre 21h01 e 03h. De um total de 39 acidentes aos sábados, cinco foram entre 03h01 e 09h; 12 foram entre 09h01 e 15h; 15 entre 15h01 e 21h e sete entre 21h01 e 03h. Já aos domingos, de uma soma de 37 casos, seis foram entre 03h01 e 09h; cinco foram entre 09h01 e 15h; 19 entre 15h01 e 21h e sete entre 21h01 e 03h.

Já com relação ao meses do ano com mais casos de acidentes, merece destaque outubro, enquanto março é o período em que menos se registra este tipo de ocorrência. O Corpo de Bombeiros também apurou que, de todos os acidentes atendidos, a maioria está ligado a datas e horários que sugerem momentos de lazer ou eventos esportivos, sejam eles, locais ou nacionais. A maior parte das vítimas de acidentes são pessoas com idade entre 18 e 30 anos, com predominância do sexo masculino.

Com base em todos os dados apresentados, o Corpo de Bombeiros de Nova Andradina traçou ações estratégicas para, prioritariamente, evitar que os acidentes ocorram e ainda, prestar socorro rápido às vítimas das fatalidades que, porventura, não se possa evitar. Equipes de homens da corporação já estão em locais e horários estratégicos para prestar atendimento à população. 

 

Segundo o Major Matos, comandante do 3º SGB, o trabalho mostra que o Corpo de Bombeiros de Nova Andradina não tem atuado apenas no resgate das vítimas, mas de forma preventiva, evitando tais ocorrências. “Se todo este trabalho resultar na prevenção de um único acidente, nosso esforço já valerá a pena”, explica.

Comandante Major Matos diz que esforço da corporação já vale a pena (Foto: Márcio Rogério/Nova News)

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.