Publicado em 11/11/2014 às 09:36, Atualizado em 26/04/2017 às 11:07

Batayporã comemora 51º aniversário nesta quarta-feira (12)

Anaurilândia, Ivinhema e Naviraí também comemoram emancipação neste mês de novembro

Acácio Gomes, Redação Nova News

O município de Batayporã comemora nesta quarta-feira (12) seu 51º aniversário. Batayporã é fruto do projeto de colonização do industrial tcheco Jan Antonin Bata, que é fundador e idealizador de mais de oitenta cidades em todo o mundo. A cidade situa-se em terras que pertenciam à Companhia Viação São Paulo-Mato Grosso, então de propriedade de Jan Bata, que as adquiriu em 1921. 

A primeira divisa demarcatória foi no Rio Samambaia, e o primeiro morador da região Venâncio Rodrigues de Abreu e sua esposa Luciana Rodrigues de Abreu. Na sequência, os primeiros sitiantes nas pessoas de Matias Paulo Cordeiro, Marcelino Manoel da Silva, Francisco Paraibano, Anésio José Rezende, Manuel Nunes Ferreira, Isaías Inácio de Almeida e João Raimundo Vieira. 

    Início da construção da cidade por volta de 1953 - Imagem: Arquivo/Reprodução

O projeto que culminou com a criação da cidade teve início em 1953, na então Fazenda Samambaia, onde hoje se localiza Batayporã, quando chegaram, em caravanas chefiadas por Vladimir Kubik, os primeiros adquirentes de lotes. Além de Kubik e Jindrich Trachta, que atuavam na Companhia São Paulo-Mato Grosso, outros pioneiros como João Antônio da Silva, Ataliba Ramos, Mohamed Mustafá e Paschoal José da Silva são responsáveis pela povoação do município. 

Através de lei publicada no Diário Oficial, do então Estado de Mato Grosso, em 14 de dezembro de 1953, o pequeno povoado foi elevado à categoria de distrito. A primeira missa de Batayporã foi celebrada pelo Frei Luiz Maria Tomás das Flores, em 17 de setembro de 1954. O religioso vinha do estado de São Paulo à cavalo ou de Jeep para realizar as celebrações junto aos fiéis colonos.

Imagem: Arquivo/Nova News

Mais tarde, em 1963, o distrito passou pelo processo de emancipação, avançando para o a categoria de município. O nome da cidade é a junção de dois termos guaranis, o "y", que significa "água" e o "porã", que quer dizer "boa ou bonita" com o termo "Bata", que se refere a um dos nomes de seu fundador, "Jan Antonin Bata", portanto, "Batayporã" significa "Água Boa do Bata". O município recebeu este nome, devido à admiração de Jan Antonin pela qualidade da água disponível na região e pelas belezas hidrográficas, como os rios Paraná e Samambaia.

Atualmente, o município de Batayporã vive um momento de pleno desenvolvimento, com muitas empresas se instalando, tanto na região central da cidade, quanto às margens da rodovia MS-276, na saída para as cidades de Nova Andradina e Anaurilândia.  Localizado estrategicamente na divisa com os estados de São Paulo e Paraná, a cidade de Batayporã tende a crescer e se desenvolver. A região também possui como carro-chefe de sua economia atividades como a agricultura e pecuária.

        Fotos panorâmicas da cidade de Batayporã - Imagens: Prefeitura de Batayporã