Publicado em 23/08/2019 às 16:22, Atualizado em 23/08/2019 às 20:24

Batayporã - Em momento de crise, Ney Olegário assume interinamente Secretaria de Administração

Medida se deu após o até então secretário, Dilmo Teixeira, deixar a pasta

Acácio Gomes, Redação Nova News

Conforme nota divulgada pela assessoria da Prefeitura Municipal de Batayporã, o atual secretário de Obras secretário de Obras, Desenvolvimento Econômico, Turismo e Meio Ambiente, Sidney Olegário Marques, assumiu interinamente o Secretaria de Administração, Finanças e Planejamento, após o, até então secretário, Dilmo Mathias Teixeira, ter deixado a pasta.

Na tarde desta sexta-feira (23), por telefone, Olegário concedeu entrevista ao Nova News. Ele afirma que assume a Secretaria de Administração em um momento de crise e que pretende atuar no sentido de tentar normalizar as finanças do município.

Cb image default
Olegário convocou reunião como todo o secretariado para esta segunda-feira (26) - Imagem: Redes Sociais

“A situação é bastante delicada. No primeiro momento quero tomar ciência de tudo. Já marquei, para esta segunda-feira (26), uma reunião com todo o secretariado. Minha intenção é atuar no sentido de priorizar tudo o que estiver pendente, como folha de pagamento, repasses e outras questões similares", disse.

Questionado sobre a possibilidade de deixar a Secretaria de Obras para aceitar um possível convite a fim de ser efetivado de forma definitiva como secretário de Administração, Finanças e Planejamento, Ney Olegário disse que este não é o foco do momento.

“Sou formado em Administração, tenho pós-graduação em Gestão Pública, então me sinto preparado para isso, no entanto, por outro lado, sou muito ligado ao setor de Obras e, pelo menos por hora, não penso em deixar a pasta”, explicou.

A nomeação interina de Olegário ocorreu na edição do Diário Oficial do Município desta sexta-feira (23), por meio do Decreto nº 051/2019, assinado pelo prefeito Jorge Takahashi. Não há previsão para a indicação de um nome em definitivo.

Já com relação ao caso de Dilmo Teixeira, que é servidor de carreira da Prefeitura Municipal, após deixar a Secretaria de Administração, Finanças e Planejamento, ele deverá voltar para seu local de origem, o setor contábil do Poder Executivo. (Com informações da assessoria de imprensa).