Buscar

Caminhão de combustível chega escoltado pelo Exército em posto de Nova Andradina

Um outro carregamento seguiu para Batayporã e Anaurilândia também escoltado por militares de Exército

Cb image default
Caminhão chegou à cidade na tarde desta terça-feira escoltado por militares do Exército - Fotos: Márcio Rogério/Nova News

Os dias de desabastecimento de combustível em Nova Andradina parecem estar chegando ao fim. Na tarde desta terça-feira (29), mais dois caminhões chegaram à cidade e, desta vez, escoltado por militares do Exército.

Segundo as informações a que o Nova News teve acesso, os caminhões saíram pela manhã da cidade de Dourados e estão nesse momento descarregando no posto localizado na Avenida Eurico Soares Andrade, o mesmo ontem que foi o primeiro a receber combustível na cidade.

Cb image default
Foto enviada por leitor do Nova News mostra caminhão em Batayporã para descarregar - Divulgação

A reportagem não conseguiu contato com a direção do posto para saber a quantidade de combustível disponibilizada para o posto. Filas já se formam ruas afora em busca do abastecimento.

Informações preliminares apuradas pelo Nova News dão conta que outros dois caminhões também escoltado pelo Exército seguiram para o município de Batayporã e Anaurilândia.

Fim do desabastecimento

Desde o início da greve dos caminhoneiros, este é o terceiro carregamento que abastece o posto. O primeiro foi no sábado (26) exclusivamente para atender as forças de segurança e serviços essenciais da Prefeitura Municipal.

Já o segundo ocorreu ontem em filas quilométricas formadas ruas afora que se perdem de vista. A gasolina estava sendo vendida a R$ 4,49, etanol R$ 3,09, diesel comum R$ 3,99 e diesel S-10 a R$ 4,09.

Pelo verificado, uma das filas parte da Avenida Eurico Soares Andrade e já dobra a Avenida Antônio Joaquim de Moura Andrade. Já em outro sentido pela Rua São José, a aglomeração de veículos chegou na altura da Avenida José Heitor de Almeida Camargo. Pessoas até galões formaram fila no posto.

Apenas 10 litros de gasolina estão sendo liberados para cada veículo e o álcool a quantia de R$ 50,00. A Polícia Militar deu apoio em ambas as situações para evitar transtornos no local.

Na manhã desta terça-feira (28) também foi a vez de outro posto na Avenida Antônio Joaquim de Moura Andrade receber combustível. Como já esperado, a manhã foi de corre-corre e motoristas até madrugaram e passaram mais de horas nas filas formadas. (matéria reeditada às 17h25 para o acréscimo de informações)

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.