Buscar

Campanha da Fraternidade é lançada nesta quarta-feira (01) em Nova Andradina

Acácio Gomes - Redação Nova News

Imagem: Reprodução

Nesta quarta-feira de Cinzas (01) ocorre o início da Quaresma, que é o período de 40 dias que antecedem a celebração da Páscoa e também é a data em que ocorre o lançamento da Campanha da Fraternidade 2017, realizada pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), da Igreja Católica.

O tema da Campanha da Fraternidade 2017 é “Fraternidade: Biomas Brasileiros e Defesa da Vida” e o lema é “Cultivar e Guardar a Criação”, conforme o texto bíblico de Gênesis, capítulo 2, versículo 15. A ação, este ano, tem como objetivo conscientizar a população a cuidar dos recursos naturais brasileiros.

Nova Andradina e Batayporã

A nível nacional, o lançamento da Campanha da Fraternidade ocorre sempre na quarta-feira de Cinzas, data que marca também o início da Quaresma e, em Nova Andradina, não será diferente. O Nova News apurou que já foi realizada uma celebração às 07h na Comunidade São José, com a imposição das cinzas e a primeira divulgação da campanha.

Na noite desta quarta-feira (01), às 19h30, ocorrerão mais três celebrações simultâneas com mesma finalidade, sendo uma no Santuário Imaculado Coração de Maria, uma na Comunidade São Vicente e outra na Comunidade Nossa Senhora das Graças. Em Batayporã, a Missa de Cinzas ocorre às 19h na Igreja Matriz Santo Antônio de Pádua.

A campanha

No Brasil, a Campanha da Fraternidade já existe há mais de 50 anos. Segundo o bispo auxiliar de Brasília (DF) e secretário geral da CNBB,Dom Leonardo Ulrich Steiner, a proposta deste ano é dar ênfase a diversidade de cada bioma e criar relações respeitosas com a vida e a cultura dos povos que neles habitam, especialmente à luz do Evangelho.

Para ele, a depredação dos biomas é a manifestação da crise ecológica que pede uma profunda conversão interior. “Ao meditarmos e rezarmos os biomas e as pessoas que neles vivem sejamos conduzidos à vida nova”, afirma. 

O texto-base está dividido em quatro capítulos, a partir do método ver, julgar e agir, faz uma abordagem dos biomas existentes, suas características e contribuições eclesiais. Também traz reflexões do tema sob a perspectiva de São João Paulo II, Bento XVI e o papa Francisco. Ao final, são apresentados os objetivos permanentes da Campanha, os temas anteriores e os gestos concretos previstos durante a Campanha 2017.

A campanha deste ano será encerrada no Domingo de Ramos, dia 09 de abril, com a coleta nacional da solidariedade. Mais informações e materiais sobre a ação podem ser obtidos em todas as paróquias e comunidades católicas.   

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.