Buscar

Capacitação sobre a Rede de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher é realizada na Comarca de Nova Andradina

Evento é ministrado pela Coordenadoria da Mulher do TJ-MS

Imagens: Acácio Gomes / Nova News

Cb image default

O Fórum da Comarca de Nova Andradina recebeu, nesta terça-feira (23), profissionais de diversos segmentos para participação na 'Capacitação sobre o Fortalecimento da Rede de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher'. O evento foi ministrado pela Coordenadoria da Mulher do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ-MS).

Conforme apurado pelo Nova News, o objetivo do encontro é capacitar profissionais de várias áreas, como saúde, assistência social, forças de segurança e salvamento, membros do Poder Judiciário, entre outras, sobre como se deve trabalhar o tema da violência contra a mulher.

Segundo a assistente social da Coordenadoria da Mulher do TJ-MS, Vanessa Vieira, o objetivo é fazer com que os representantes de cada segmento atuem como multiplicadores dos conhecimentos que foram transmitidos, formando, desta forma, uma rede de combate à violência.

“Em Campo Grande temos a Casa da Mulher Brasileira, onde todos os atendimentos estão centralizados em um mesmo lugar, porém, no interior do Estado não é assim. Por este motivo fazemos estas capacitações, a fim de que todas as esferas de atendimento trabalhem em sintonia, como uma engrenagem”, explicou Vanessa.

Já o juiz da 3ª Vara Cível da Comarca de Nova Andradina, Walter Arthur Alge Neto, disse ao site que a capacitação é apenas o marco inicial de um trabalho em rede, que deverá dar muitos frutos. “Vamos tratar a temática da violência sob vários aspectos. Além do atendimento às mulheres vítimas teremos também encontros com os homens agressores para trabalharmos todos os lados da questão”, detalhou o magistrado.

Entre os temas abordados na capacitação estão aspectos psicossociais, como origem e tipos de violência, e também aspectos jurídicos, como Lei Maria da Penha, medidas de prevenção, atendimento policial e assistência à mulher. Ainda durante o evento, foram abordadas questões práticas, sobre como os trabalhos serão implementados em Nova Andradina.

Segundo a assistente social do Fórum de Nova Andradina, Ilza Maria Resende, a capacitação teve início às 08h e foi encerrada por volta das 17h. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.