Buscar

Centro Educacional recebe 3ª Edição do projeto Bairro Feliz

O bairro Centro Educacional foi palco da 3ª edição do projeto Bairro Feliz, organizado pela Prefeitura de Nova Andradina, através da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte (Semec), da Fundação Nova-Andradinense de Esporte e Lazer (Funael) e com apoio da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte).

Com foco no esporte e lazer, as ações foram concentradas na Praça José Carreira Mendes, envolvendo atividades como voleibol, futsal, slackline, tênis de mesa, xadrez, dama, além de brinquedos gratuitos e pipoca. Também foram realizados testes de avaliação física e aferição de pressão arterial.

Ação será estendida aos demais bairros do município (Imagem: Orlando Moreira / PMNA)

“Nossa proposta é criar as condições necessárias para o desenvolvimento integral das nossas crianças e jovens, promovendo, assim, a participação coletiva em ações que possibilitem a melhoria da qualidade de vida”, apontou a secretária de Educação, Nair Lorencini Russo.

De acordo com o diretor-presidente da Funael, William Moraes, a iniciativa constitui um novo momento no desenvolvimento das crianças e jovens, possibilitando a troca de informações e experiências corporais e culturais, além de enriquecer e estimular a criatividade desse público.

“É um projeto bastante interessante que, com o respaldo do prefeito Roberto Hashioka, promove o esporte, a saúde e o bem-estar, além de estimular a ocupação dos espaços públicos pela comunidade”, considera.

Em nota, o gerente de Lazer da Fundesporte, Rodrigo Miranda, também destacou a ação. “O que pretendemos com as atividades de lazer é o mesmo que objetiva o projeto Bairro Feliz. Estamos unindo esforços para ajudar a melhorar a qualidade de vida em Mato Grosso do Sul”, avaliou.

A terceira edição do projeto também contou com a participação da Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Biblioteca Sesi Indústria do Conhecimento. Ações de orientação e conscientização também foram promovidas pelas equipes do Cras, Creas, Conselho Tutelar e Aepeti (Ações Estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil).

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.