Buscar

Coletor de lixo de Anaurilândia solta a voz e diz que seu sonho é cantar na TV

Servidor público aprecia a boa música sertaneja

Cb image default
Imagem: Reprodução

Um vídeo inusitado que circula na internet mostra um jovem de Anaurilândia soltando a voz enquanto trabalha. 

Na filmagem, é possível observar Adriano de Souza Pires, de 24 anos, que atua como coletor de lixo naquela cidade, interpretando uma canção de Jads e Jadson, mostrando seu timbre de voz e pedindo apoio de internautas para que compartilhem a postagem.

O servidor público, que tem nas músicas sertanejas a sua principal companhia de todos os dias, disse que cantar faz parte de sua vida e que seu desejo é poder mostrar um dia seu talento na TV. “Que sabe alguma porta se abre e eu possa realizar meu sonho de cantar profissionalmente e viver da música”, disse Adriano Pires ao Nova News.

Ele revela que canta desde criança na Igreja Católica e que, com o passar do tempo, além de continuar louvando a Deus na Comunidade São João Batista, de Anaurilândia, começou também a apreciar a música sertaneja. Ele afirma que entre seus artistas preferidos estão Jads e Jadson, Breno Reis e Marco Viola e a grande referência: Tião Carreiro e Pardinho.

PGlmcmFtZSBpZD0iX3Q5cHlpYmQ0eSIgc3JjPSJodHRwczovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS9lbWJlZC9BWGo3WnF2UEF5ND9yZWw9MCZhbXA7YW1wO3Nob3dpbmZvPTAiIGZyYW1lYm9yZGVyPSIwIiBhbGxvd2Z1bGxzY3JlZW49IiI+PC9pZnJhbWU+

Solteiro, morando com os pais e um irmão, Adriano conta que não tem recursos para investir em seu projeto. “Às vezes canto em barzinhos, me apresento em alguns eventos na região e participo de festivais, mas tudo é muito difícil, a começar pelo deslocamento, já que não tenho meio de transporte”, disse.

O jovem conta que o vídeo foi uma ideia dos amigos. “Então resolvi mostrar minha voz cantando uma moda do Jads e Jadson. Quem sabe essa filmagem chega até alguém que, de alguma forma, possa me ajudar”, finalizou. Adriano Pires informa que quem quiser conhecer mais de perto seu talento ou obter mais informações pode entrar em contato pelo telefone / Whatsapp (67) 9 9616-4598.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.