Domingo, 15 de Dezembro de 2019
Buscar

Com foco no desenvolvimento, Hashioka lança PROBATEC 

Pioneira em Mato Grosso do Sul, ferramenta irá ratificar ações em prol da inovação e do desenvolvimento tecnológico

O prefeito Roberto Hashioka lançou oficialmente o Programa de Desenvolvimento Sustentável de Base Tecnológica e de Inovação, o PROBATEC. A proposta é apontada como uma das prioridades do Governo Municipal para este mandato e visa fomentar o desenvolvimento social e econômico de Nova Andradina e região.

Realizado no campus local da UFMS, o evento também contou com a presença do prefeito de Santa Rita do Pardo, Cacildo Dagno Pereira, pesquisador Renato Pires, da Fundace, além de profissionais liberais, empresários, estudantes, professores e representantes de instituições de ensino superior, associações, cooperativas e sindicatos.

Lançamento do PROBATEC reuniu representantes de diversos segmentos (Foto: Natalho Cuer/PMNA)

A ferramenta vem para reforçar as ações do Executivo com foco no desenvolvimento. “Fomos pioneiros ao idealizar no passado projetos neste sentido, como a Incubadora de Empresas do Arranjo Produtivo Local [APL] Pólo Nova Costura, uma das primeiras a ser reconhecida pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Agora, neste novo momento, estamos empenhados no sentido efetivarmos o PROBATEC”, ressaltou o prefeito. 

Para o presidente da Câmara, vereador Newton Luiz de Oliveira, o seminário de apresentação do programa representa um marco na história de Nova Andradina e região. “É um marco à frente do nosso Estado também, pois estamos saindo na frente na questão de inovação ao implantar este programa ousado”, frisou o parlamentar. 

A iniciativa do Executivo também foi destacada por representantes de instituições de ensino. “Estamos dando um passo importante sob a liderança do prefeito Roberto Hashioka juntando esta sinergia entre as universidades para pensar, discutir e realizar este projeto”, detalhou o diretor da UFMS Nova Andradina, Marcelino Gonçalves.

Na ocasião, os palestrantes doutor André Lucirton Costa, da Fundace/USP, e o mestre Eduardo Cicconi, da Fipase, ministraram sobre o “Sistema Local de Inovação para a Promoção e o Desenvolvimento Social e Econômico Sustentável” e “Governança do Sistema Local de Inovação: o caso Fipase de Ribeirão Preto, SP”, respectivamente.

O evento contou ainda com painel de debates organizado pelo pró-reitor de Pesquisa e Inovação do IFMS, doutor Luiz Simão Staszczak. “Nesse momento o beneficiado não será só Nova Andradina e região, mas também o nosso Estado”, complementou o educador.

A proposta visa a criação da Fundação para Inovações Tecnológicas, a Fitec-NA, para, posteriormente, efetivar o Parque de Tecnologia e Inovação de Nova Andradina, a exemplo do processo ocorrido com a Fundação para Pesquisa e Desenvolvimento da Administração, Contabilidade e Economia (Fundace), de Ribeirão Preto (SP).

A Fundace é uma instituição sem fins lucrativos criada em 1995 por docentes da FEA-RP/USP para facilitar o processo de integração entre universidade e comunidade. A Fundação desenvolve projetos de pesquisa e oferece cursos de especialização e qualificação de executivos, prestação de serviços, extensão e soluções empresariais.

A vice-reitora da UEMS, doutora Eleuza Ferreira Lima, também ressaltou a iniciativa da Prefeitura de Nova Andradina. “Tudo isso vem para demonstrar a preocupação que o prefeito está tendo com a qualidade do serviço prestado à população, por isso destacamos esse projeto”, disse. 

O diretor-geral do IFMS Nova Andradina, doutor Márcio Lustosa, reforçou o lançamento do programa. “Este é um dia muito importante e que nós consideramos como um marco para nossa região, pois é o momento inicial em que vamos explanar sobre o que teremos de ganho para a região”, observou. 

O seminário de apresentação do PROBATEC também contou com a presença dos secretários municipais Márcio Costa (Meio Ambiente e Desenvolvimento Integrado), Arion Aislan (Finanças e Gestão) e Nair Russo (Educação, Cultura e Esporte), além dos vereadores Quemuel de Alencar e Robertinho Pereira. 

O evento contou ainda com a participação do consultor da Fundace Adriano Quércia, pró-reitora de Desenvolvimento Humano e Social da UEMS Adriana Rocha, chefe de coordenação da UFMS Camila da Silva, presidente da Rede MS de Inovação Jardel Matos e do diretor da Uniesp Nova Andradina Henrique de Barros.

A iniciativa também foi reforçada pela coordenadora pedagógica do Senac, Ligia Magna, chefe de Divisão da Secretaria de Meio Ambiente de Taquarussu José Soares, representante do CREA-MS Massatoshi Azuma, gerente da UEMS Nova Andradina José Felice e pelo coordenador regional da Agraer Sandro Poloni. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.