Buscar

Com mais vagas ofertadas, saldo de emprego sobe em Nova Andradina no 1º semestre

Cenário é positivo no município com 2.604 vagas ofertadas em 2018, contra 2.355 no mesmo período do ano passado, o aumento equivale a 10%

Nova Andradina registrou crescimento no saldo de empregos de janeiro a maio deste ano. Segundo os números ao que o Nova News teve acesso junto ao Centro Integrado de Atendimento ao Trabalhador (CIAT), o cenário é positivo no município com 2.604 vagas ofertadas em 2018, contra 2.355 no mesmo período do ano passado, o aumento equivale a 10%.

Detalhados mês a mês, janeiro foi o campeão na admissão de novas vagas com 586, seguido de fevereiro 475, março 596, abril 455 e maio 492. Já em 2017, janeiro registrou 458, fevereiro 447, março 609, abril 375 e maio 375,

Conforme mostra a planilha, os cinco meses do primeiro semestre de 2017 fecharam com variação positiva. Apenas junho registrou variação de -4. Pelos números, janeiro +90, fevereiro 78, março +164, abril +15 e maio +41.

Cb image default
Setores como a agropecuária, a indústria de transformação, o comércio e o setor de serviços lideram o ranking de contratações - Foto: Luciene Carvalho/Nova News

Em relação às demissões no ano anterior, janeiro obteve 368, fevereiro 369, março 445, abril 360, maio 425 e junho 379. Ao todo, 2.346 a menos em colocações.

Já agora em 2018, o primeiro mês do ano começou registrando 331 demissões. Em seguida, fevereiro 504, março 543, abril 521 e maio 486. Quanto à variação, apenas em fevereiro (-29) e abril (-66) fecharam com saldo negativo. Janeiro (+255), março (+53) e maio (6). Os números de junho, disponibilizados pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério do Trabalho, ainda não foram liberados.

Ouvida pelo Nova News, a coordenadora do Ciat, Maria Aparecida Valdez, comemora o bom desempenho do mercado de trabalho em Nova Andradina com maior empregabilidade verificada nos primeiros meses do ano. “Mesmo sem o fechamento semestral, a perspectiva é de números positivos com a contratação de em várias áreas”, ressalta.

Cb image default
Coordenadora do Ciat comemora maior geração de emprego em Nova Andradina - Foto: Luciene Carvalho/Nova News

Entre os setores que mais empregam, o destaque é para a agropecuária e a indústria de transformação que disputam mês a mês a primeira colocação. Na sequência, aparecem o comércio e o setor de serviços e, por último, com a menor fatia está a construção civil.

“A agropecuária liderou os três primeiros meses, depois a indústria de transformação ganhou mais espaço com a abertura do mercado de importações. Tal resultado é atribuído à economia fortalecida do município e a tendência é de mais crescimento para o segundo semestre”, aponta a coordenadora.

Segundo ela, o segundo semestre já começou com a alta oferta de vagas para a indústria frigorífica e coureira do município. Outra novidade é o fomento da construção civil que começa a dar sinais de recuperação. “Não apenas para a construção civil, muitos empregadores têm buscado a agência em busca de mão qualificada para todos os setores. Pelo que se nota, o mercado de trabalho se prepara para o fechamento de um ano com importantes resultados”, aponta Maria Aparecida.

Calculando os dois semestres, 2017 registrou 4.920 admissões e 4.641 demissões com saldo positivo de +279 vagas. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.