Buscar

Com parte das pendências pagas pelo Estado, empresa reativa lombadas eletrônicas em MS

Segundo a Perkons SA, Detran-MS tem 10 dias para a quitar o restante do valor

Imagens: Acácio Gomes / Nova News

Cb image default

Nesta sexta-feira (26), a empresa paranaense Perkons SA, responsável pelas lombadas eletrônicas instaladas em Mato Grosso do Sul, começou o processo de reativação dos equipamentos, que haviam sido desligados à 00h de quinta-feira (25), por falta de pagamento do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul (Detran-MS).

Conforme já havia sido noticiado pelo Nova News, 144 redutores de velocidade haviam sido desligados nos municípios de Nova Andradina, Batayporã, Ivinhema, Anaurilândia, Bataguassu, Amambai, Anastácio, Campo Grande, Deodápolis, Dourados, Glória de Dourados, Jateí, Maracaju, Naviraí, Rochedo, Sidrolândia, Três Lagoas e Ponta Porã por falta de pagamento, situação que, segundo a empresa, se arrastava desde setembro de 2018.

Na manhã desta sexta-feira (26), por meio de nota enviada ao site, o Detran-MS disse que as pendências que haviam sido a causa da interrupção do serviço estavam sendo equacionadas. De fato, no início da tarde, a assessoria de comunicação da Perkons também entrou em contato com o Nova News, afirmando que parte da dívida havia sido quitada.

Cb image default

“A Perkons SA foi procurada no dia 25/07/2019 pelo Detran-MS com o compromisso de pagamento de parte da dívida, sendo que, o desligamento dos equipamentos foi suspenso. Nesta sexta (26), detectamos a quitação parcial do valor. A prestação dos serviços será retomada nas próximas horas”, disse o setor de comunicação da empresa.

Agora, o Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul foi notificado pela Perkons a, no prazo de 10 dias, elaborar um plano de quitação do restante do montante devido. Nas palavras da assessoria de comunicação da empresa, se os valores não forem integralmente liquidados, há possibilidade de novas interrupções na prestação do serviço.

A Perkons SA firmou contrato com o Detran-MS em 29/12/2014 com o objetivo de prestação de serviços contínuos de gerenciamento eletrônico de trânsito, mediante instalação, manutenção e operação de equipamentos eletrônicos medidores de velocidade, bem como aplicativo e sistemas especializados para processamento e apoio à emissão das notificações de autuação e imposição de penalidade e, ainda, relatórios estatísticos e gerenciais.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.