Buscar

Com recursos da Câmara e Prefeitura de Nova Andradina, Hospital Regional realiza mutirão de cirurgias

Serão realizadas 360 cirurgias eletivas nas áreas de cirurgia geral, urologia e vascular, além de 3800 procedimentos na área de oftalmologia (consultas, exames e cirurgias)

Com o propósito de zerar a fila de espera dos pacientes que aguardam por cirurgias eletivas no município de Nova Andradina, o Hospital Regional Francisco Dantas Maniçoba irá realizar um mutirão de saúde para atendimento em diversas especialidades.

A meta é realizar 360 cirurgias eletivas (sem caráter de urgência) nas áreas de cirurgia geral, urologia e vascular, além de 3800 procedimentos na área de oftalmologia (consultas, exames e cirurgias) no período de um ano.

O investimento é de R$ 500 mil, sendo que os recursos para financiar este mutirão serão divididos igualmente entre Prefeitura e Câmara Municipal. O processo de licitação dos serviços já foi concluído e o Hospital está preparado para as cirurgias a partir da próxima quarta-feira, 20 de junho.

Segundo o diretor geral da unidade hospitalar, Nelson Custódio, as cirurgias eletivas serão realizadas por médicos e profissionais que atuam na cidade, enquanto que os procedimentos referentes a oftalmologia serão executados por uma empresa de Bauru, que além dos profissionais também disponibilizará todos os equipamentos e materiais necessários.

Cb image default
Hospital Regional Francisco Dantas Maniçoba irá realizar um mutirão de saúde para atendimento em diversas especialidades - Foto: Jeferson de Souza/PMNA
Cb image default
Reunião com vereadores define percentual do investimento da Prefeitura e Câmara de Nova Andradina.Foto_ João Cláudio

“Existe uma demanda reprimida porque os profissionais discordaram dos valores da tabela SUS (Sistema Único de Saúde). Então, licitamos o serviço por um preço diferenciado e conseguimos contratar os médicos especialistas para atender em todas essas especialidades. O número de procedimentos contratados deve ser suficiente para atender a demanda existente”, frisa o diretor.

Nelson ressalta o esforço do governo municipal para viabilizar este mutirão de saúde. “É um pedido feito pelo prefeito Gilberto Garcia há alguns meses, mas só agora reunimos todas as condições para executar as cirurgias. Os pacientes que aguardam por cirurgia serão encaminhados de acordo com a urgência do caso”, explica.

Para o prefeito, esse mutirão amenizará um problema crônico da saúde que vem se arrastando há anos. “Chegamos em um momento que não dá apenas para aguardar uma solução dos Governos Estadual e Federal. Por isso estamos buscando a possibilidade técnica de execução de cirurgias através do Hospital Regional. Todos os esforços possíveis estão sendo feitos para a viabilização desse projeto”, afirmou Gilberto Garcia.

A próxima etapa é a realização de licitação para a contratação de 80 cirurgias ginecológicas. “Saúde é prioridade no nosso governo. Se houver necessidade, vamos fazer novos mutirões porque sabemos que tudo que se faz nesta área ainda é pouco diante da necessidade de cada paciente que busca os serviços médicos”, argumenta o prefeito.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.