Buscar

Delegacia da Mulher de Nova Andradina passará por ampla reforma estrutural

Recurso para a reforma é proveniente da Procuradoria do Trabalho do Estado através de uma solicitação para atender a necessidade de reestruturação do local

Já está em conta um recurso estimado em cerca de R$ 100 mil para ser aplicado em uma ampla reforma estrutural na DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher) de Nova Andradina. Com previsão para ser iniciada em breve, a execução da obra é comemorada na unidade existente no município desde julho de 2003.

Segundo as informações a que o Nova News teve acesso junto à delegada titular Daniela Oliveira Nunes Leite, o recurso para a reforma é proveniente da Procuradoria do Trabalho do Estado através de uma solicitação para atender a necessidade de reestruturação do local.

Otimizar o atendimento às vítimas em situação de violência que procuram a DAM é, de acordo com Daniela, o principal objetivo da reforma. “Trata-se de uma necessidade essencial que prevê dar maior segurança e tranquilidade a quem nos procura. Ambientes reservados permitirão evitar o contato entre a vítima e o autor”.

Cb image default

Legenda: Execução da obra é comemorada na unidade existente no município desde julho de 2003 – Foto: Luciene Carvalho/Nova News

Cb image default
Delegada comemora recurso para realização de reforma - Foto: Luciene Carvalho/Nova News

Conforme detalhado pela delegada, o projeto prevê salas específicas para o registro de ocorrências, o atendimento a autores, além de ainda de um brinquedoteca para o entretenimento de crianças durante o atendimento às vítimas. “Além da melhor disposição dos espaços, a reforma se aterá à questão de acessibilidade e tem o intuito ainda de melhorar a segurança orgânica da delegacia”, pontua.

A delegada afirmou que na última semana um engenheiro e um arquiteto da Sejusp/MS (Secretaria de Desburocratização e de Justiça e Segurança Pública do Estado) estiveram em Nova Andradina para dar início ao projeto final de execução da obra. “Com o pré-projeto já realizado, tudo indica que dentro em breve a reforma terá início. Só há motivos para comemorar essa conquista e agradecer aos órgãos envolvidos como a Promotoria Pública de Nova Andradina, MPT (Ministério Público do Trabalho) de Dourados, Poder Judiciário do Trabalho de Dourados, a Polícia Civil de Mato Grosso do Sul e a Sejusp que foram sensíveis à nossa causa”, agradece Daniela.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.