Buscar

Desafio ‘Chão Batido’ supera expectativas reunindo cerca de 250 atletas em Anaurilândia

Elevando o cenário turístico e esportivo do município, competição teve participantes até de fora do país

Barro, lama, ventos contrários e aliados ao forte calor, que fez no último domingo (4), não foram obstáculos para os cerca de 250 atletas que participaram do segundo Desafio ‘Chão Batido’ de Montain Bike, na cidade de Anaurilândia. A prova que teve sua largada pontualmente às 08h30, horário de Brasília, percorreu trechos de pastagem, além de longos pedaços de estradas rurais.

Para os organizadores, o trajeto foi escolhido baseado em critérios técnicos que deixa a competição bem equilibrada, explica Marcelo Pisane, um dos organizadores. Segundo ele, o equilíbrio na disputa foi o diferencial para sucesso do evento. Em algumas categorias, os primeiros colocados brigaram até os últimos metros da chegada.

Um trecho percorrido, às margens do lago formado pela usina Sergio Mota, deixou os competidores encantados com a natureza e preservação do local. “Isso aqui é tudo muito lindo, um verdadeiro encontro com a natureza”, disse Danilas Ferreira, atleta da cidade de Marília, interior paulista, vencedora na categoria elite feminina.

Outro campeão que elogiou o percurso foi André Silas, douradense, que corre pela equipe Paraguai Bike. Silas disse que o trecho foi espetacular e veio preparado para superar todos os obstáculos. “Que evento show. Nível muito forte. Atletas de nível internacional. Uns caras que correm muito e sair vitorioso daqui, é bom de mais”, disse o campeão em entrevista logo na chegada.

Cb image default
Número de atletas superou as expectativas da organização em segunda edição do evento - Foto: Nova News

Durante toda a competição não faltou emoção, seja nas categorias PRO, onde os atletas percorreram cerca de 70 quilômetros, como nas categorias Esporte, onde o percurso foi menor, cerca de 40 quilômetros.

Na elite masculina, André Silas de Oliveira, após cruzar o perímetro urbano, escapou na frente, abrindo uma distãncia considerável e deixando a disputa no segundo pelotão eletrizante. Logo atrás de Silas, se revezavam, Cristian Egidio, (Sarandi - PR), Josimar Schimanski (Campo Grande – MS), Anderson Bianquini (Maringá - PR) e Samuel Dantas, de José Bonifácio, interior de SP. Mantendo uma disputa emocionante durante toda a prova, os cinco primeiros chegaram conforme a colocação acima.

Já na categoria elite feminina, as cinco primeiras proporcionaram uma disputa eletrizante. Puxando o pelotão da frente conforme ordem de chegada, a paulista de Marília, Danilas Ferreria cruzou a linha de chegada com boa vantagem para o segundo pelotão, que chegou logo em seguida e veio formado pela paraguaia Agua Marina, da capital Assunção, seguida por Larissa Souza - de Campo Grande, Sheila Mendonça - de Colombo - e fechando o pelotão dianteiro feminino pela atletas Ellen Citro, paulista de Andradina (SP).

Ao final, o prefeito Edinho Takazono (PMDB) se mostrava entusiasmado com resultado do evento. Segundo ele, o número de atletas superou as expectativas. Em suas palavras, o chefe do Executivo disse que a ideia era trazer visitantes para conhecer as belezas naturais que o munícipio tem a oferecer, e o evento consegue fazer isso. “Temos pessoas de várias partes do Brasil e de países vizinhos, como Paraguai. Isso nos deixa feliz e mostram que estamos trazendo pessoas para conhecer nossa cidade. Precisamos que levem uma boa imagem daqui para outros também se interessem e conhecer nosso município”, explica.

Os organizadores já definiram para o dia 03 de novembro de 2019 a terceira edição do evento.

Confira nos link abaixo as fotos do evento:

https://www.facebook.com/pg/chaobatidobikeclube/photos/?tab=album&album_id=2185154308477643

https://www.facebook.com/pg/chaobatidobikeclube/photos/?tab=album&album_id=2185184001808007

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.