Buscar

Educadores de Nova Andradina realizam ato público pelas ruas da cidade

Imagens: Acácio Gomes/Nova News

Na manhã desta quinta-feira (22), educadores ligados à Rede Estadual de Ensino, ao Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação (Simted) de Nova Andradina e à Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (Fetems) acompanhados de estudantes e simpatizantes, realizaram um ato público pelas principais vias de Nova Andradina.

O grupo se reuniu em frente ao prédio do Simted e, com cartazes e faixas, se dirigiu à Avenida Antônio Joaquim de Moura Andrade, de onde seguiu até a Avenida José Heitor de Almeida Camargo. Após isso, os integrantes do movimento foram para o Paço Municipal e retornaram para o Simted.

Saiba mais
  • Trabalhadores em educação de Nova Andradina decidem paralisar atividades na próxima quinta-feira (22) 

Segundo o presidente do sindicato, Edson Granato, além da paralisação das aulas por parte dos professores, a realização do ato público envolveu, não apenas membros da Educação, mas também representantes de outras entidades. 

 

O objetivo da ação é lutar contra o que a classe qualifica como retirada de direitos dos trabalhadores, congelamento de gastos públicos por 20 anos, entre outras propostas pelo Governo de Michel Temer como a PEC 241, PLP 257, privatização do pré-sal e a chamada lei da mordaça.

A mobilização realizada na manhã desta quinta-feira (22) reuniu dezenas de pessoas. O ato foi avaliado como positivo pela presidência do Simted. “A sala de aula hoje foi a rua e a lição principal foi de cidadania”, disse Granato.   

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.