Sábado, 14 de Dezembro de 2019
Buscar

Estudante de Nova Andradina terá poema publicado por editora de SP

Ex-moradora de Batayporã atualmente é aluna da Escola Marechal Rondon

Cb image default
Quézia começou escrever suas obras aos sete anos - Imagem: Weverton Willian Dias

Quézia Alves Xavier, de 15 anos, ex-moradora de Batayporã e que agora reside em Nova Andradina, terá um dos seus poemas publicado no livro “Poesia Agora - Primavera 2019”, da Editora Trevo, de São Paulo (SP).

Atualmente ela é aluna da Escola Marechal Rondon. Quézia começou escrever suas obras aos sete anos para mandar cartinhas para a professora Angélica Soares, recebendo forte influência das professoras Adriana Regina e Cida Pires.

O poema que será publicado refere-se ao desmatamento excessivo por enriquecimento próprio. Confira:

Espírito indígena

Eu sou fauna eu sou flora;

Sou aquela que todo dia chora;

Por mais uma árvore que caiu;

Por mais uma vida que partiu.

A humanidade está crescendo;

E cada vez mais a ambição aparecendo;

Suas fortunas se reerguendo;

Em cima dos meus animais.

Minhas árvores estão desaparecendo;

Todos fingem desentendimento;

Não adianta mostrar comoção;

Se ninguém toma uma ação.

Preciso me pronunciar;

Falar por quem não tem voz;

Não tire nossa riqueza;

Assinado: Mãe natureza.

O concurso

Com o concurso literário Prêmio Poesia Agora, os organizadores buscam conhecer novos talentos da poesia brasileira contemporânea e publicá-los em livro pela Editora Trevo.

As pessoas interessadas se cadastram por meio da internet e encaminham suas obras que são avaliadas por escritores de expressão no cenário literário brasileiro e/ou por especialistas em literatura. (Colaborou Weverton Willian Dias).

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.