Buscar

Fiéis lotam cemitério de Nova Andradina para celebração do Dia de Finados

Em Batayporã, a movimentação também foi intensa desde as primeiras horas do dia

Imagem: Nova News / Cepana

Cb image default

Na manhã sábado (02), data em que a Igreja Católica relembra a memória dos fiéis defuntos, centenas de pessoas lotaram os cemitérios de Nova Andradina e Batayporã para participar das celebrações alusivas à data.

A liturgia das missas remeteu à esperança na ressurreição e ressaltou que o Dia de Finados não deve ser um momento de tristeza, mas de devoção, sendo também um convite à santidade.

Além de participarem das celebrações, os fiéis visitaram túmulos de parentes e amigos e, conforme o costume, acenderam velas e deixaram flores, como um gesto de carinho para com aqueles que se foram.

Tanto em frente ao Cemitério Santa Bárbara, em Nova Andradina, quanto ao Cemitério Santo Antônio, em Batayporã, vendedores ambulantes aproveitavam o movimento para comercializar diversos produtos, como ocorre todos os anos.

Celebração em Nova Andradina - Imagens: Nova News / Cepana

A Igreja Católica celebra o Dia de Finados desde o século V, mas há relatos de que por volta do século II, os fiéis já rezavam pelos mortos. O gesto é visto como um ato de misericórdia espiritual para com aqueles que já partiram desta vida.

Segundo a doutrina, no Dia de Todos os Santos, comemorado em 01 de novembro, se celebra aqueles que morreram e que já estão na glória de Deus, enquanto no Dia de Finados, se ora em favor daqueles que partiram, mas que ainda não estão na companhia do Senhor.

Celebração em Batayporã - Imagens: Nova News / Pascom

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.