Buscar

Frota de Nova Andradina passou de 22.469 veículos em 2017 para 23.196 em 2019

Com exceção de Batayporã, onde houve redução, todos os demais municípios da região registraram saldo positivo no período

Cb image default
Nova Andradina registrou aumento no número de veículos nos últimos três anos - Imagem: Acácio Gomes / Arquivo / Nova News

Dados do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) revelam um aumento no número de veículos registrados no Estado de 2017 até agora. Se no primeiro ano avaliado o MS contava com 1.482.652 veículos, até novembro de 2019 esse número já ultrapassou a marca de 1,6 milhão, e a previsão é de que até o final do ano aumente ainda mais.

Com relação à cidade de Nova Andradina, o Nova News apurou junto ao Detran-MS que também houve aumento no número de veículos, que passou de 22.469 no ano de 2017 para 22.909 em 2018 e chegou a 23.196 em 2019, ou seja, um acréscimo de mais 727 veículos emplacados no município dentro de três anos.

O Nova News também obteve dados referentes ao aumento no volume da frota nas demais cidades da região. Anaurilândia passou de 2.722 veículos em 2017 para 2.778 em 2019 (+56); Angélica tinha 4.830 veículos em 2017 e chegou a 2019 com 4.952 (+122); Bataguassu saltou de 9.992 veículos em 2017 para 10.401 em 2019 (+409);

Ivinhema tinha 12.903 em 2017 e passou para 13.492 em 2019 (+411); Novo Horizonte do Sul registrava 1.764 veículos em 2017 e passou para 1.770 em 2019 (+6); Taquarussu tinha, em 2017, 1.208 veículos e chegou a 2019 com 1.225 (+17). A única cidade da região que registrou queda no número de veículos nos últimos três anos foi Batayporã, que passou de 4.737 em 2017 para 4.707 em 2019 (-30).

Avaliação do cenário estadual

No primeiro ano avaliado, Mato Grosso do Sul contava com 1.482.652 veículos e, até novembro de 2019, o número já ultrapassou a marca de 1,6 milhão. “Esse dado só demonstra que nosso Estado está crescendo economicamente, o que é muito positivo já que aumenta também a arrecadação e deixa claro que o poder aquisitivo do sul-mato-grossense tem aumentado”, enfatizou o diretor de veículos do Detran-MS, Agrícola Pedroso.

Para ele, o índice também aponta a necessidade do Departamento dar continuidade ao trabalho de Educação para o Trânsito, que já vem sendo desenvolvido de forma permanente no Estado.

Segundo Pedroso, o último mês do ano é, também, o de maior movimento com a emissão de CRLV´s (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos), o que indica a intensa movimentação de compras de veículos zero quilômetro.

Campo Grande, Capital do Estado, é a cidade com maior número de veículos. São 589.818 veículos registrados. No total, 38,7 mil a mais do que em 2017. Em segundo lugar, no ranking das cidades com maior frota, vem Dourados, com 157.076 veículos. Logo atrás, a cidade de Três Lagoas, com 87.417 veículos. (Com informações do Detran-MS). 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.