Buscar

Gilberto Garcia diz que analisa proposta da Serrana Mobilidade sobre desativação da zona azul

Prefeito disse que tabela com valor solicitado a título de rescisão de contrato está sob poder do setor jurídico do município

Conforme já havia sido noticiado anteriormente pelo Nova News, a desativação do sistema de estacionamento rotativo pago, a chamada zona azul, em Nova Andradina, parece ser apenas uma questão de tempo. Em reportagem publicada no dia 25 de janeiro, o prefeito Gilberto Garcia afirmou que apenas aguardava uma proposta da empresa com relação ao reembolso dos valores investidos na cidade com a implantação do sistema.

Em contato com o chefe do Executivo Municipal de Nova Andradina no final da manhã desta segunda-feira (12), Garcia afirmou ao Nova News que a proposta da Serrana Mobilidade foi protocolada junto à Prefeitura Municipal na última semana. “Na quinta-feira (08) eles entregaram a planilha com o valor. O documento está sob análise do nosso setor jurídico e creio que nos próximos dias teremos um posicionamento”, garantiu Gilberto.

Cb image default
Até que o caso tenha um ponto final, a zona azul continua funcionando normalmente - Imagem: Acácio Gomes / Nova News

Ele explicou que o objetivo principal é fazer o distrato amigável para que a zona azul deixe de atuar em Nova Andradina sem prejuízos para ambas as partes. 

“Creio que a negociação será em tom amigável. Estamos examinando a proposta e poderemos mandar uma contraproposta até chegarmos a um consenso. Se não houver acordo, uma demanda judicial não estará descartada, mas isso ocorreria apenas em último caso”, explicou.

Conforme apurado pelo Nova News, a intenção inicial do prefeito seria fazer com que a Serrana Mobilidade passasse a cobrar dos condutores apenas pelos minutos utilizados e não pela hora inteira, como ocorre atualmente, dentre outras alterações. Como a empresa teria dito não ser possível efetuar as adequações do sistema, uma reunião entre representantes da Serrana Mobilidade e do Poder Executivo ocorreu no dia 17 de janeiro.

No encontro eles teriam debatido a possibilidade de rescisão do contrato entre as partes, sendo que, a empresa elaboraria uma planilha dos gastos que teve e a Prefeitura Municipal, por sua vez, analisaria a documentação para negociar o valor do reembolso. “É apenas uma questão de tempo. Estamos trabalhando concretamente neste caso e creio dentro de alguns dias teremos novidades”, finalizou o prefeito em contato com o site nesta segunda-feira (12).

O valor pedido pela Serrana Mobilidade a título de rescisão de contrato não foi divulgado ao site, mas o fato é que, como a planilha já está nas mãos do Poder Executivo, o prefeito afirmou que a resolução do impasse é apenas uma questão de tempo. Até que o caso tenha um ponto final, a zona azul continua funcionando normalmente, por tempo indeterminado. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.