Buscar

Hacker invade sistema de empresa em Nova Andradina

Episódio alerta sobre a importância de ações relativas à segurança no campo virtual

Imagem: Acácio Gomes / Nova News

Cb image default

Um hacker, ainda não identificado, invadiu o sistema de uma empresa localizada no Parque Industrial de Nova Andradina. O fato ocorreu por volta das 16h30 desta quarta-feira (15).

Conforme apurado pelo Nova News, o setor de tecnologia da Brasil CZ, empresa que atua na área de veterinária e proteção biológica, realizava manutenção no sistema, quando ocorreu a invasão.

Segundo o técnico, o hacker, certamente usou o sinal de wi-fi da empresa para acessar de forma remota um computador e invadir a rede. “Descobrimos que ele utilizou o login de um funcionário que não estava de serviço naquele momento, mais precisamente, no mesmo setor onde ocorria a manutenção e, portanto, o sistema estava vulnerável”, explicou.

Nas palavras do técnico, no momento da invasão, o hacker teve acesso a contas de e-mail, página no Facebook e até mesmo ao Whatsapp institucional da empresa, uma vez que, atualmente, é comum a utilização do Whatsapp Web, plataforma do aplicativo de mensagens que é usada no computador.

Os responsáveis pela empresa afirmam que o acesso indevido, feito por meio de um telefone celular, foi detectado por meio do gerenciamento de rede.

Segundo eles, como os computadores trabalham de forma interligada, o autor da invasão teve acesso a todos os terminais, porém, informações como dados de clientes, por exemplo, não chegaram a ficar expostos.

“Nosso maior temor, é que o hacker pudesse usar nossas redes sociais para disparar mensagens indevidas, porém, pelo rastreamento que fizemos, nada disso foi constatado. Deduzimos que a invasão foi praticada por alguém apenas em caráter de brincadeira, como teste para saber se ele conseguiria acessar os dados”, explica o responsável pela Brasil CZ.

Mesmo sem registrar prejuízos, o episódio serve como alerta para que empresas tomem todos os cuidados com relação à proteção de seus dados. “O hacker estava no lugar certo na hora certa. Ele usou nosso sinal de wi-fi e se aproveitou do momento em que uma manutenção era realizada para acessar indevidamente o sistema”, explica o técnico.

Nas palavras dele, tanto no ambiente empresarial quanto pessoal é importante sempre, depois da utilização, se deslogar das redes sociais e contas de e-mail, desta forma, mesmo que tenha acesso remoto ao computador, o hacker terá mais dificuldade em acessar estes ambientes por não possuir a senha.

Por opção dos responsáveis pela empresa, o caso não chegou a ser registrado junto às autoridades policiais.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.