Buscar

Hospital suspende atendimentos por falta de recursos em Batayporã

Atraso nos repasses estaduais e municipais obriga entidade a atender só casos considerados de emergência

Imagem: Germino Roz/Nova News

Quem iniciou a semana à procura de atendimento no Hospital São Lucas do município de Batayporã encontrou uma faixa na entrada do Pronto Socorro da unidade onde se pode ler, “Por falta de repasses dos convênios da Prefeitura e do Estado estamos atendendo somente emergência”. De fato, a partir desta segunda-feira (05), a unidade passa a atender apenas casos considerados de emergência, não mais oferecendo atendimento a casos considerado menos graves.

O Nova News procurou a direção do hospital filantrópico e recebeu a informação de que o único repasse que vem sendo realizado normalmente é o federal, já os recursos estaduais e municipais estão há dois meses atrasados, comprometendo o funcionamento da única unidade hospitalar da cidade de Batayporã. Sem estes recursos,  a entidade não consegue pagar os salários dos médicos e demais servidores, o que compromete o atendimento.

Saiba mais
  • Com repasses atrasados, Hospital São Lucas pode entrar em colapso  

A diretoria destaca que o fechamento não se atribui ao desejo de aumento nos repasses e sim ao atraso das verbas, o que acaba dificultando o pagamento dos profissionais de saúde. 

 

Ainda segundo a direção, já fecham dois meses de atraso, tanto do Governo do Estado, quando da Administração Municipal. O site apurou que um

documento que alertava sobre a paralisação dos atendimentos no hospital foi protocolado na Prefeitura Municipal, na Secretaria de Saúde e na Promotoria de Justiça ainda na sexta-feira (02). 

Em agosto os repasses permaneceram atrasados por quase 60 dias. Atualmente, os médicos e funcionários do Hospital São Lucas vivem momentos de apreensão em virtude dos atrasos nas verbas por parte do Executivo Municipal e Estadual. O São Lucas é uma entidade filantrópica que presta serviços ao município de Batayporã e conta com aproximadamente 45 funcionários.

Em contato com a Secretaria de Administração e Finanças da cidade de Batayporã, a pasta preferiu não comentar o assunto. Em contato com o Governo Estadual o Nova News foi informado que representantes do Executivo Estadual se reunirão com o secretário estadual de saúde para traçar metas que minimizem a situação. 

Com medida adotada pelo Hospital São Lucas, a partir de agora, as pessoas que necessitarem de atendimentos não emergenciais contam apenas com os postos de saúde ou, se necessário, devem se deslocar até o Hospital Regional Francisco Dantas Maniçoba, em Nova Andradina.    

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.