Publicado em 28/03/2015 às 07:08, Atualizado em 26/04/2017 às 12:16

IFMS abre seleção para bolsista do Pronatec em sete municípios

, IFMS

Imagem: Arquivo/Nova News

O Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) está com inscrições abertas em três processos seletivos para bolsistas do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) em Campo Grande, Corumbá, Coxim, Dourados, Naviraí, Nova Andradina e Ponta Porã.

As seleções são para cadastro de reserva para professor, supervisor e orientador de cursos, tradutor e intérprete da Língua Brasileira de Sinais (Libras) e apoio às atividades administrativas e acadêmicas.

Para participar, é preciso ter no mínimo 18 anos, possuir a formação exigida e estar em dia com as obrigações eleitorais e militares (homens). Os demais requisitos necessários para cada encargo estão disponíveis nos respectivos editais, disponíveis na Central de Seleção pelo www.ifms.edu.br.

Inscrições – São gratuitas e devem ser feitas até o dia 31 de março. Os candidatos devem entregar a ficha de inscrição preenchida e assinada e os documentos requisitados nos locais e horários indicados nos editais.

A seleção será por meio da análise de currículo. Serão consideradas a experiência profissional e a formação acadêmica dos candidatos. As tabelas de pontuação constam nos editais. A previsão é que os resultados sejam divulgados no dia 1º de abril.

Bolsas – O valor por hora de trabalho é de R$ 18,00 para apoio às atividades acadêmicas e administrativas, R$ 36,00 para supervisor de curso, orientador e tradutor e intérprete de Libras e R$ 50,00 para professor. A carga horária semanal de dedicação ao Pronatec poderá ser de até 16 horas para professor e de 20 horas para os demais encargos.

Pronatec – Criado pelo Governo Federal em 2011, o programa busca ampliar o acesso da população à educação profissional e tecnológica, com a oferta de cursos de qualificação profissional.

Em Mato Grosso do Sul, o IFMS já ofereceu mais de quatro mil vagas a estudantes da rede pública estadual, beneficiários e dependentes dos programas federais de transferência de renda e trabalhadores.