Buscar

Jovens de Batayporã participam da 3º Conferência Municipal da Juventude 

Durante  o  evento, presidente do Conselho da Juventude clamou aos jovens maior participação nas buscas por seus direitos 

Nesta quarta-feira (02), o Conselho Municipal da Juventude, juntamente com a Assistência Social de Batayporã, realizou a 3ª Conferência Municipal de Juventude. A abertura contou com a presença do prefeito municipal, Beto Sãovesso, e do presidente da Câmara Municipal, Cicero Humberto Leite, ambos do PSDB. O presidente do Conselho da Juventude, João Paulo, falou da importância dos jovens no cenário político atual e declarou que a juventude precisa deixar de esperar no futuro e aprender a ser o presente.

                                                                                                            Imagens: Germino Roz/Nova News

João Paulo disparou contra os palestrantes da Secretaria Estadual de Juventude que, segundo ele, haviam confirmado presença há mais de 30 dias, e, nas últimas horas antes da realização do evento, comunicaram a ausência na conferência. Segundo o presidente, a informação que ele teria recebido é de que a equipe formada por três palestrantes seguiram para a cidade de Naviraí, que também realizaria a conferência nesta quarta-feira (02).

“Eu vejo isso como um descaso com a juventude de Batayporã, levando em consideração que somos o primeiro conselho montado na região. Estava tudo acertado. Eles haviam confirmado presença, assumiram compromisso com a apresentação de palestras e na hora “H” decidiram não vir mais. Mas vamos tomar as medidas pertinentes para que isso não volte a ocorrer. Felizmente temos bagagem suficiente para dar continuidade aos trabalhos”, alfinetou João Paulo.  

Presidente do Conselho da Juventude deu início a 3ª Conferência da Juventude na manhã desta quarta-feira (Foto: Germino Roz/Nova News)

A conferência é um encontro entre os jovens que abre um amplo processo de debate e participação sobre o que a juventude quer para o município, estado e país. É um espaço para discutir, analisar, reivindicar e propor ações para os poderes públicos, mas também para pactuar instrumentos de monitoramento e ação entre as redes de organizações, com foco no controle social das políticas públicas de juventude. As propostas levantadas na conferência municipal deverão seguir para a próxima etapa que será realizada a nível estadual em Campo Grande. 

Imagens: Germino Roz/Nova News e Divulgação

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.