Buscar

Juíza que atuou em Nova Andradina é vencedora em premiação nacional

A juíza Jacqueline Machado receberá o prêmio em outubro

Foto: Arquivo Pessoal

Cb image default

A juíza Jacqueline Machado, que já atuou na Comarca de Nova Andradina e que responde pela Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar de Mato Grosso do Sul receberá no dia 28 de outubro o Prêmio Espírito Público.

Segundo publicado no portal oficial do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ-MS), a juíza sul-mato-grossense foi uma das três vencedoras na categoria Segurança Pública.

Criado em 2018, esta é a maior premiação de reconhecimento de trajetórias no setor público brasileiro, pois revela a importância dos profissionais que se dedicam ao setor e suas histórias.

Na edição 2019, foram conhecidas 1.049 trajetórias de profissionais que se dedicam ao serviço público no Brasil e, dentre todas, 18 foram escolhidas e receberão a honraria. De acordo com a organização do prêmio, mais de 160 jurados e juradas trabalharam voluntariamente para premiar histórias que ajudam a mostrar um pouco do serviço público.

Reconhecimento – Em novembro de 2018, a juíza Jacqueline Machado recebeu o prêmio de Direitos Humanos 2018, na categoria Mulher, no Ministério de Direitos Humanos, em Brasília.

Dentre as diversas ações idealizadas pela magistrada, destaca-se o programa Mãos EmPENHAdas Contra a Violência, desenvolvido pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, e já replicado em diversas cidades, como São Paulo, Rio de Janeiro, Londrina (PR), Santarém (PA) e Teresina (PI).

O programa começou quando a juíza de Mato Grosso do Sul percebeu que as mulheres falavam espontaneamente da violência sofrida durante tratamentos em salões de beleza. Assim, o Mãos EmPENHAdas Contra a Violência visa capacitar profissionais da área de beleza para orientar as clientes sobre seus direitos previstos em lei.

Saiba mais – O Prêmio Espírito Público é uma iniciativa coletiva de diversas instituições, correalizado pelo Instituto República e pela Agenda Brasil do Futuro, organizações sem fins lucrativos que têm entre seus objetivos o apoio e o reconhecimento de profissionais públicos.

Entre os objetivos do prêmio estão ressignificar a imagem do profissional público no Brasil, a fim de que a sociedade brasileira valorize as pessoas que atuam diariamente em prol do país; inspirar profissionais públicos brasileiros a fortalecer seu protagonismo na busca de soluções para os mais variados desafios; inspirar, por meio de histórias reais, talentos de todo o Brasil a ingressarem na administração pública e disseminar boas práticas, inovações e bons resultados entre as diferentes esferas governamentais e setoriais. (*As informações são do TJ-MS)

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.