Buscar

Justiça suspende contratos, afasta vereadora e bloqueia contas de Câmara no interior

A investigação da ‘farra das diárias’ em Ribas do Rio Pardo, levou a Justiça a suspender contratos de 13 empresas com a Câmara Municipal. Além disso, a vereadora Lucineide Marques Nossa (PSC) foi afastada do cargo, chegando a oito parlamentares punidos no caso.

Segundo informa nesta terça-feira (25) o MPE (Ministério Público Estadual), a decisão é de Evandro Endo, juiz substituto de Ribas. Conforme investigação dos promotores, diárias eram pagas irregularmente a vereadores e servidores, “além de gastos exagerados” na contratação de empresas de informática, publicidade, assessoria jurídica, contábeis e outros fornecedores, mediante “procedimentos licitatórios fraudulentos”.

Ainda de acordo com as informações apuradas pela Promotoria local – e que resultou também em operação do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) no começo do mês –, licitações eram fraudadas para beneficiar empresas de amigos e familiares de agentes públicos.

Os promotores identificaram que algumas empresas de fachada seriam usadas no esquema. Vereadores e servidores estariam forjando eventos fora da cidade para receber diárias indevidamente.

Foram suspensos contratos firmados pela Câmara de Ribas com a Agili; Antonio Luperini; Supermercado São Marcos; Fixa Comunicação e Eventos; Climat; Pradebon; Cury & Luna Advogados Associados; Weliton Cassio Matos Camargo; Atlas Assessoria; MS Planejamento Contábil; E. dos Santos; Diverse e Famma.

Ainda a pedido do MPE, a Justiça bloqueou as contas da Câmara Municipal. Já em relação a vereadora, consta que ela tomou parte de pagamento feito a uma assessora parlamentar, além de haver indícios da participação dela no tal esquema das diárias.

Por fim, a Justiça bloqueou bens do presidente da casa, Betinho (PRTB). Determinou, ainda, que sejam convocados oito suplentes dos vereadores afastados.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.