Publicado em 24/09/2019 às 15:32, Atualizado em 24/09/2019 às 19:46

Mato Grosso Sul já comercializou 25% da safra 2019/2020

Para o período, a estimativa é que o estado produza 9,68 milhões de toneladas da soja, um incremento de 3,18% em relação ao ciclo anterior

Famasul,

Imagem: Divulgação

Cb image default

Foi lançado oficialmente o plantio da soja safra 2019/2020 e os produtores do estado já comercializaram 25% da saca de grãos, segundo levantamento feito pelo departamento técnico do Sistema Famasul com dados da Granos Corretora. 

Para analista técnica, Bruna Dias, observar o mercado externo é importante para quem deseja comercializar antecipadamente o grão. "O determinante será acompanhar de perto os desdobramentos do impasse comercial entre China e EUA, ambos buscam continuar sinalizando a tentativa de um consenso, porém a demanda Chinesa ainda segue focada na oleaginosa brasileira. Ainda tem a questão da peste suína na China, outro ponto que é preciso acompanhar é o resultado da safra dos EUA", explica.

Dias também destaca que o planejamento é essencial para a tomada de decisão para dentro da porteira. "O produtor rural que se preparou e fez o seu planejamento terá um ambiente favorável para a concessão do crédito, o mercado financeiro brasileiro oferece várias linhas de financiamento rural, dada a relevância que a agricultura e a pecuária desempenham na economia do país".

Estimativa – Para o período, a estimativa é que o estado produza 9,68 milhões de toneladas da soja, um incremento de 3,18% em relação ao ciclo anterior.

O milho fechou a colheita com uma supersafra de 12,1 milhões de toneladas no estado. Segundo o relatório do SIGA/MS (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio), foram 2,1 milhões de hectares de área plantada, aumento de 19,88% e produtividade de 93,24 sacas por hectare, crescimento de 33%.