Buscar

Menino de 6 anos é atropelado ao sair correndo atrás de pipa

Luciene Carvalho – Redação Nova News

É gravíssimo o estado de saúde do menino de 6 anos que foi atropelado ao atravessar a Avenida Guaicurus, em Campo Grande (MS), correndo na tarde desta quarta-feira (1º) atrás de uma pipa.

Segundo informações do site Mídia Max, depois de ser reanimado por médicos do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), o menino, que teve a identidade preservada, foi levado para a Santa Casa.

Menino foi atropelado ao atravessar a Avenida Guaicurus, em Campo Grande (MS) (Imagem: Mídia Max)

 De acordo com testemunhas, a criança estava com o irmão mais velho quando o atropelamento aconteceu. Os dois meninos saíram de uma rua de terra e atravessaram a avenida correndo. Passaram a primeira pista e na via de sentido bairro/centro o mais velho parou, mas a vítima não.

Foi neste momento que o menino de 6 anos foi atropelado por um Jeep Renegade. O condutor do veículo, um homem de 37 anos, prestou socorro à criança e acionou a Polícia Militar e o Samu, que chegaram ao local em cerca de 4 minutos. Militares do Corpo de Bombeiros também foram chamados.

Médicos do Samu precisaram reanimar o menino e estabilizar seu quadro de saúde antes de ser levado para a Santa Casa de Campo Grande com TCE (Traumatismo crânio-encefálico). Familiares da criança também foram ao local. A mãe do menino estava abalada com o atropelamento e preferiu não falar com a imprensa. Moradores afirmaram que os meninos estavam correndo atrás de uma pipa e que o mais velho tem aproximadamente 12 anos.

O condutor do Jeep Renegade passou por teste de alcoolemia, que deu negativo. Segundo a Polícia Militar de Trânsito, o caso agora será registrado e o motorista, por conta da gravidade do acidente, deve ser chamado para depor. No local do acidente, não há nenhuma sinalização para a travessia de pedestres e testemunhas alegaram que o veículo não estava em alta velocidade. (com informações do site Mídia Max)

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.