Buscar

''Menino Jesus de Praga'' será levado de Batayporã para o Lar de Amor em Barretos (SP)

Missa de envio da imagem ocorrerá na tarde desta quinta-feira (18), em Nova Andradina, com a presença do bispo da Diocese de Naviraí

Imagem: Divulgação

Cb image default

Uma imagem do Menino Jesus de Praga será enviada de Batayporã para a Casa de Apoio Lar de Amor, ligada ao Hospital de Amor, em Barretos (SP), e que acolhe crianças e adolescentes de todo o Brasil que fazem tratamento contra o câncer.

Quem levará o presente será o cônsul honorário da República Tcheca em Mato Grosso do Sul, Evandro Trachta e Silva, juntamente o padre Nello Vanzo e uma comitiva de Batayporã, cidade onde fica a sede do Consulado e também onde existe um oratório dedicado ao Menino Jesus de Praga. Também integrarão a caravana, fiéis de Taquarussu e de Nova Andradina. 

A imagem do Menino Jesus, que será doada ao Lar de Amor de Barretos (SP), veio de Praga, capital da República Tcheca, e foi enviada para o Consulado, em Batayporã, pelo arcebispo tcheco, cardeal Dominik Duka.

Conforme apurado pelo Nova News, uma missa de envio da imagem será celebrada às 16h00 desta quinta-feira (18), nas dependências do Hospital de Amor de Nova Andradina. A celebração será presidida pelo bispo da Diocese de Naviraí, Dom Ettore Dotti e pelo padre Nello Vanzo.

Já na madrugada de sábado (20), a comitiva com a imagem sairá em direção ao estado de São Paulo, e fará uma parada em Presidente Prudente (SP), onde existe uma igreja dedicada ao Menino Jesus de Praga.

No domingo (21), a imagem será acolhida na missa das 10h na Capela Madre Paulina, e em seguida será levada para o Lar de Amor de Barretos (SP), onde será solenemente introduzida na capela de orações.

Tanto a missa desta quinta-feira (18), em Nova Andradina, quanto as celebrações que ocorrerão no domingo (21), em Barretos (SP), são abertas à participação do público.

Lar de Amor

O Lar de Amor foi inaugurado no dia 18 de setembro do ano passado, possui mais de três mil metros quadrados, tem apartamentos especiais para pacientes indígenas e pode receber famílias inteiras resolvendo assim um problema recorrente que é a separação e perda do vínculo entre os parentes durante os longos tratamentos.

O montante destinado à construção foi investido pelo Instituto Ronald McDonald e veio das doações recebidas por campanhas como o McDia Feliz, cofrinhos e do Invitational Golf Cup. (Com informações da Diocese de Barretos).

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.