Buscar

Ministério da Saúde libera R$ 457.689,37 à cidade de Nova Andradina 

Foram contemplados também Anaurilândia, Angélica, Bataguassu, Batayporã, Novo Horizonte do Sul, Ivinhema, Nova Alvorada do Sul e Taquarussu

O Ministério da Saúde liberou R$ 46,6 milhões para custeio de procedimentos ambulatoriais e hospitalares no estado do Mato Grosso do Sul. O montante é referente ao pagamento de julho dos serviços realizados nos seus municípios. Em todo o País, foram disponibilizados R$ 3 bilhões, sendo que R$ 1,9 bilhão foram repassados aos fundos municipais de saúde. Outros R$ 1,1 bilhão foram pagos aos 26 fundos estaduais e do Distrito Federal. Para Mato Grosso do Sul, R$ 7,1 milhões destinaram-se ao Fundo Estadual e R$ 39,5 milhões aos fundos municipais.

O Nova News apurou que, na região, foram beneficiados os municípios de Anaurilândia (R$ 5.313,33); Angélica (R$ 3.122,50); Bataguassu (R$ 18.291,45); Batayporã (R$ 8.305,58); Ivinhema (R$ 123.656,05); Nova Alvorada do Sul (R$ 14.900,99); Nova Andradina (R$ 457.689,37); Novo Horizonte do Sul (R$ 1.083,33) e Taquarussu (R$ 1.743,25).

Imagem: Reprodução/Internet

A liberação demonstra o empenho do governo federal em garantir a regularidade dos pagamentos dos procedimentos realizados em todo o país. “Os gestores contam com a contrapartida financeira do Ministério da Saúde para manter e expandir os atendimentos oferecidos nas suas redes do SUS. Nosso compromisso vem sendo a recomposição do orçamento da Saúde, para que o serviço seja ampliado e mais qualificado”, afirma o ministro da Saúde, Ricardo Barros.

Os recursos transferidos no dia 8 de julho fazem parte do Teto Financeiro de Média e Alta Complexidade (MAC), principal rubrica para o custeio de procedimentos ambulatoriais e hospitalares nos serviços do Sistema Único de Saúde (SUS) oferecidos à população, como consultas, exames, internações e cirurgias. 

É importante ressaltar que esses procedimentos podem e devem ser realizados com esses recursos, repassados pelo Ministério da Saúde de forma regular e automática aos seus gestores. Os estados e municípios também podem empregar recursos próprios para complementação financeira desses procedimentos, assim como as entidades gestoras dos serviços.

A divisão dos recursos de média e alta complexidade considera uma série de condições, entre elas a oferta de serviços do SUS, a habilitação/credenciamento das Redes de Atenção à Saúde, reajuste e inclusão de procedimentos, ações, programas e incentivos implementados pelo Governo Federal.

 

Considera-se, também, o aumento da expectativa de vida da população, o que acarreta a necessidade de oferta de atendimentos, especialmente aos idosos, principalmente no tratamento de doenças crônico-degenerativas, e a Programação Pactuada e Integrada, conforme definição dos gestores do Estado e Municípios. (Com informações da Agência Saúde).

Confira a lista dos municípios beneficiados:

AGUA CLARA 5.497,17

ALCINOPOLIS 4.408,88

AMAMBAI 203.526,99

ANASTACIO 17.062,92

ANAURILANDIA 5.313,33

ANGELICA 3.122,50

ANTONIO JOAO 6.604,25

APARECIDA DO TABOADO 122.444,46

AQUIDAUANA 1.035.331,03

ARAL MOREIRA 9.909,83

BANDEIRANTES 24.850,36

BATAGUASSU 18.291,45

BATAYPORA 8.305,58

BELA VISTA 48.806,94

BODOQUENA 13.203,30

BONITO 38.466,41

BRASILANDIA 8.299,19

CAARAPO 17.709,98

CAMAPUA 46.828,74

CAMPO GRANDE 25.549.062,70

CARACOL 7.797,18

CASSILANDIA 158.701,68

CHAPADAO DO SUL 63.547,76

CORGUINHO 27,66

CORONEL SAPUCAIA 1.250,00

CORUMBA 1.872.861,53

COSTA RICA 127.180,41

COXIM 411.900,87

DEODAPOLIS 10.075,83

DOIS IRMAOS DO BURITI 782,93

DOURADINA 2.193,37

DOURADOS 3.965.345,91

ELDORADO 15.500,00

FATIMA DO SUL 79.166,73

FIGUEIRAO 2.398,03

GLORIA DE DOURADOS 5.663,48

GUIA LOPES DA LAGUNA 13.213,79

IGUATEMI 18.411,08

INOCENCIA 6.010,75

ITAPORA 22.957,89

ITAQUIRAI 3.649,67

IVINHEMA 123.656,05

JAPORA 8.708,42

JARAGUARI 9.606,74

JARDIM 190.422,08

JATEI 2.571,73

LADARIO 16.780,53

LAGUNA CARAPA 1.565,83

MARACAJU 155.614,46

MIRANDA 12.602,39

MUNDO NOVO 18.369,55

NAVIRAI 536.878,54

NIOAQUE 18.477,49

NOVA ALVORADA DO SUL 14.900,99

NOVA ANDRADINA 457.689,37

NOVO HORIZONTE DO SUL 1.083,33

PARANAIBA 629.958,79

PARANHOS 1.347,58

PEDRO GOMES 9.819,75

PONTA PORA 245.467,92

PORTO MURTINHO 10.655,06

RIBAS DO RIO PARDO 9.641,00

RIO BRILHANTE 140.024,62

RIO NEGRO 4.959,17

RIO VERDE DE MATO GROSSO 66.511,56

ROCHEDO 4.745,63

SANTA RITA DO PARDO 1.202,33

SAO GABRIEL DO OESTE 211.237,76

SELVIRIA 27.054,32

SETE QUEDAS 1.064,08

SIDROLANDIA 203.714,47

SONORA 7.199,40

TACURU 6.652,33

TAQUARUSSU 1.743,25

TERENOS 24.826,56

TRES LAGOAS 2.368.856,67

VICENTINA 6.635,64

TOTAL 39.527.927,95

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.