Buscar

Morador de Batayporã pede ajuda para tratamento com neurocirurgião em Presidente Prudente

Homem sofre com epilepsia e transtorno bipolar

Cb image default
Marcelo Correia de Souza tem problemas neurológicos que causam sintomas variados, entre eles, tendência suicida - Imagem: Acácio Gomes / Nova News 

O morador de Batayporã, Marcelo Correia de Souza, de 30 anos, procurou a reportagem do Nova News para pedir ajuda da comunidade a fim de fazer um tratamento de saúde com um neurocirurgião de Presidente Prudente (SP).

Segundo o companheiro de Marcelo, João Paulo, de 44 anos, o paciente sofre com epilepsia e transtorno bipolar, enfermidades que provocam convulsões, descontrole emocional, mudanças repentinas de humor e até mesmo tentativas de suicídio. Ao Nova News, foram apresentados laudos médicos e demais documentos sobre o estado de saúde do paciente. 

Conforme apurado pelo site, Marcelo iniciou há alguns anos tratamento com este neurocirurgião paulista, porém, como o atendimento era 100% particular e não havia mais condições financeiras de arcar com o valor da consulta e do transporte até Presidente Prudente, o casal decidiu, em 2017, recorrer à Secretaria de Saúde.

João Paulo explica que de lá para cá, Marcelo já passou por pelo menos três profissionais dentro de MS, sendo que, seu quadro de saúde piorou. “O médico de Presidente Prudente foi o único até hoje que conseguiu tratar o caso com sucesso, motivo pelo qual queremos retomar o tratamento com ele”, explica.

Segundo eles, o problema é que não há condições financeiras para providenciar o tratamento. “Cada consulta custa cerca de R$ 400,00, fora as despesas com passagem e alimentação. A renda que temos são R$ 663,00 de um benefício do Marcelo, para pagarmos aluguel, água, luz, além de outras despesas”, afirma João Paulo.

O morador diz que para complementar a renda vende produtos por meio de catálogos, doces de pote e outros itens. “A gente se vira como pode. A Igreja Católica também nos ajuda com alimentos, mas o que precisamos de forma rápida é o tratamento em Presidente Prudente”, pontua João.

Segundo eles, quem puder ajudar de alguma forma, pode fazer uma visita na Rua Paschoal José da Silva, 1384, ou entrar em contato pelo telefone (67) 3443-2972 e pelo Whatsapp (67) 9 9333-6657.

Em contato com a Secretaria de Saúde de Batayporã, o Nova News obteve a informação de que medicamentos estão sendo fornecidos gratuitamente para o paciente, mas que não compete à pasta colaborar com o tratamento, uma vez que, a opção deles é passar pelo médico particular em SP e não pelos médicos disponibilizados gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS) dentro do Estado.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.