Buscar

Moradores de ruas ganham almoço de Natal em Nova Andradina

Almoço para moradores de ruas foi servido na Praça Quenenciano Cecílio de Lima (Imagem: Nova News)

Se colocar no lugar do outro, que nem sempre tem um lugar ao sol, é a essência de uma ação solidária que é de encher os olhos em Nova Andradina. Quem não quer chegar o Natal e ter um alimento diferente à mesa, ou melhor, ter o que comer.

Ação já dura 20 anos (Imagem: Nova News)

Vivendo dias à mingua, moradores de ruas sentem na pele o sentimento amargo da rejeição e a duras penas chegam a ser vistos como seres invisíveis no dia a dia afora.

O dia de Natal mais uma vez teve um gosto diferente para cerca de 40 seres humanos como outro qualquer, que precisam de pelo menos um pouquinho de atenção. 

É dessa maneira que pensa o hoje aposentado Edson Clementino que há 20 anos reserva parte do seu dia de Natal para servir um almoço a moradores de rua em Nova Andradina, que aconteceu na Praça Quenenciano Cecílio de Lima.

Questionado sobre o pôr que da ação, Clementino diz que se todos olhassem para o outro como a si próprio o mundo seria outro. “Não custa nada estender a mão a alguém. É uma retribuição de tudo que Deus dá para nós”, diz o idealizador da ação. 

Segundo ele, a ajuda a quem não tem um teto para morar acontece o ano todo. “Procuramos ajudar na medida do possível quem é morador de rua e precisa de atenção. 

Ajudamos com estadia, passagens e até quem nos pede emprego, sem falar de quem sofre com algum tipo de vício e necessita de reabilitação. Julgar o outro é fácil, mas é preciso conhecê-los para saber o que fez com que chegassem até aqui”, enfatiza Clementino.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.