Buscar

No primeiro semestre do ano, acidentes de trânsito registram aumento de 25% em Nova Andradina

Número de acidentes totalizou 147 entre janeiro e junho, contra 117 dos seis primeiros meses em 2017

A rotina de acidentes de trânsito em Nova Andradina parece estar longe de ter um fim. Colocando mais uma vez a cidade em alerta, os casos aumentaram 25% no primeiro semestre em comparação ao mesmo período do ano passado.

Segundo aos números exclusivos ao que o Nova News teve acesso junto à Seção de Trânsito do 8º BPM (Batalhão de Polícia Militar), totalizou 147 o número de acidente entre janeiro e junho, contra 117 dos seis primeiros meses em 2017 apenas no perímetro urbano do município.

Detalhado mês a mês, o índice mostra que junho foi o mais crítico com 32 acidentes. Quanto aos demais meses os números são os seguintes: janeiro 26, fevereiro 29, março 25, abril 12 e maio 23. Do total, 84 foram com vítima e 63 sem vítima. Computando apenas mortes registradas no local dos acidentes, nenhuma morte consta na planilha da PM.

Já em 2017 nos 117 casos, janeiro registrou 23, fevereiro 27, março 25, abril 15, maio 14 e junho 13. Em todo o ano, o número chegou a 266 casos, sendo 160 com vítima e 104 sem vítima. Duas pessoas morreram no trânsito nova-andradinense. Na comparação com 2016, os acidentes somaram 360, número 26% menor.

Mesmo com a redução, 2017 foi marcado como um dos anos mais violentos com um grande número de mortes no trânsito nova-andradinense. Ao todo, seis pessoas perderam a vida, contra apenas dois casos de 2016. Tal número é maior do que os homicídios registrados que são classificados como uma das causas mais violentas de morte.

Cb image default
Ao todo, 147 acidentes foram registrados entre janeiro e junho deste ano apenas no perímetro urbano de Nova Andradina - Foto: Nova News

Polícia Militar terá ações específicas voltadas na redução de acidentes

Uma notícia, que pode não agradar quem anda na contramão das leis de trânsito, está em vias de ser efetivada em Nova Andradina. Trata-se do Pelotão de Trânsito da Polícia Militar que dentro em breve terá ações específicas para conter a incidência de acidentes no município.

Ouvido pelo Nova News, o novo chefe da Seção de Trânsito do 8º BPM, 1º tenente Marcos Bezerra da Silva, detalhou que o pelotão traz como um dos objetivos a redução no número de acidentes e vítimas no trânsito nova-andradinense. Na prática, segundo ele, equipes trabalharão 24 horas nas ruas para o atendimento de acidentes e fiscalização no centro e bairros da cidade, além de dar maior atenção a pontos mais críticos com maior tendência para os acidentes.

Cb image default
Novo chefe da Seção de Trânsito do 8º BPM detalhou que pelotão está em vias de ser efetivado - Foto: Nova News

“É preocupante o índice de acidentes registrados em Nova Andradina. Ações específicas e imediatas precisam ser colocadas em práticas para reverter tal cenário. Com a implantação do pelotão, a ideia é reduzir a incidência de casos a partir de um rigor na educação de trânsito e a repressão aos condutores que infligem as regras que precisam ser seguidas”, pontua o tenente.

Elencando pontos críticos que requerem maior atenção, o tenente dá ênfase em relação aos acidentes em que a maioria acontece em desrespeito a uma norma de trânsito. “Pelo que se nota, grande parte dos acidentes acontece em cruzamentos quando o condutor não respeita a placa ‘Pare’. Sem falar ainda que outro fator observado é que os acidentes envolvendo motociclistas, que são maioria, as vítimas são os condutores e passageiros. Por se tratar de um veículo vulnerável que tem como característica a maior mobilidade, a moto é uma grande vilã em nosso trânsito que a responsável pelo maior número de vítimas. Com foco na repressão, blitzes tendem a ser realizadas na cidade voltadas aos motociclistas”, disse.

De acordo com o tenente, as ações educativas terão como foco a conscientização quanto ao uso do cinto de segurança, não falar e manusear celular enquanto dirige, usar corretamente o capacete, a utilização de calçados adequados, entre outras orientações importantes. “Dentro em breve, realizaremos panfletagem com motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres com dicas de segurança com o objetivo de ajudar a evitar infrações e acidentes no trânsito de Nova Andradina”, salienta Silva ao informar que as ações serão em parceria com os agentes municipais de trânsito e os alunos do projeto ‘Polícia Mirim’.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.