Buscar

Nova Andradina - Corpo de Bombeiros Militar atendeu 2.168 ocorrências em 2019

Neste sábado (21), o 3º Subgrupamento completa 17 anos de atuação

Cb image default
Comandante do Corpo de Bombeiros Militar em Nova Andradina detalhou ações durante visita à redação do Nova News - Imagem: Bárbara Ballestero / Nova News

Balanço divulgado pelo comandante do 3º Subgrupamento de Bombeiros Militar Independente, major Pablo Diego Barros de Jesus, mostra que, em 2019, até o dia 15 de dezembro, foram atendidas 2.168 ocorrências pela corporação na região de Nova Andradina. Os dados foram repassados nesta terça-feira (17), durante entrevista concedida ao Nova News.

Segundo ele, os atendimentos clínicos somaram 354 casos este ano, uma média de seis ocorrências por dia. Com relação às vítimas atendidas pelo Corpo de Bombeiros Militar, o número é de 1.113 pessoas.

O major detalhou que no período foram atendidos também 306 acidentes de trânsito, sendo a maioria colisões, cujo número chegou a 163, e as quedas de motos, que foram 65 casos.

Já os incêndios em vegetação somaram 189 casos em 2019. O militar destacou a ocorrência com relação às chamas que atingiram o Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema (PEVRI), destruindo grande parte da área de preservação.

Incêndios em edificações somaram, durante o ano, até dia 15 de dezembro, 21 ocorrências, sendo, segundo Pablo, a de maior destaque, o caso ocorrido na empresa Mercenova, considerado de grandes proporções.

Nas palavras do comandante, as ocorrências de tentativa de suicídio atendidas pelo Corpo de Bombeiros Militar em Nova Andradina somaram, durante o ano, 21 casos.

O major destacou que, além dos atendimentos a emergências, o Corpo de Bombeiros Militar também atua de forma preventiva. Neste contexto, segundo ele, em 2019, foram realizados treinamentos em Nova Casa Verde, Batayporã, além de ações educativas em empresas.

Ainda no âmbito preventivo, outra atribuição da corporação são as visitas técnicas, que somaram 324 vistorias até o momento.

Pablo destacou que o Corpo de Bombeiros Militar também atua no âmbito social. Ele citou como exemplo a Campanha do Agasalho, que arrecadou a doou mais de 2.000 peças na edição deste ano, beneficiando diversas entidades.

Cb image default
3º Subgrupamento de Bombeiros Militar completa 17 anos de atuação em Nova Andradina - Imagem: Acácio Gomes / Arquivo / Nova News

O comandante destacou, como novidades, o serviço de resgate aéreo, que pode ser solicitado conforme a demanda, e o sistema que grava todas as comunicações de ocorrências que entram pelo telefone de emergência 193, o que, segundo, ele, serve como monitoramento relativo ao tempo de atendimento das ocorrências, bem como oferece segurança jurídica aos militares.

Ao final da entrevista, o major avaliou os trabalhos como sendo positivos. Ele lembrou que, neste sábado (21), o 3º Subgrupamento de Bombeiros Militar completa 17 anos de atuação em Nova Andradina.

“Atualmente estamos com uma estrutura muito boa, o que nos deixa bastante satisfeitos. Contamos com 33 militares e oito viaturas, sendo seis operacionais e duas administrativas, além dos equipamentos necessários para realização dos nossos atendimentos”, explicou.

O major Pablo Diego Barros de Jesus aproveitou a oportunidade para agradecer o empenho de toda a equipe e também para frisar que o Corpo de Bombeiros de Militar está à disposição da população 24h pelo telefone de emergência 193.

Cb image default

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.