Buscar

Nova Andradina e região - Clientes da Energisa reclamam de elevação nos valores das contas

Na tarde desta sexta-feira (18), o coordenador comercial da Energisa, Jonas Ortiz Rudis, visitará a redação do Nova News para falar sobre o tema

Cb image default
Em alguns casos, segundo os clientes, elevação do valor da conta chegou a quase R$ 100 - Imagem: Nova News

Nos últimos dias, centenas de clientes da Energisa, não apenas de Nova Andradina, mas também de outras cidades da região, mantiveram contato com o site Nova News para denunciar a suposta elevação nos valores das contas de energia elétrica que eles receberam em janeiro deste ano e que se referem ao consumo registrado no mês anterior, ou seja, em dezembro de 2018.

Segundo alguns consumidores, em alguns casos, a conta entregue nos últimos dias está cerca de R$ 100,00 mais cara do que fatura anterior. “Não recebi parentes em casa, não mudei em nada a minha rotina e, por este motivo, não entendo porque a conta veio mais cara. Não compreendo como poderia ter consumido mais energia do que no mês anterior”, disse um dos leitores do Nova News.

O Nova News apurou que não seriam casos isolados, mas que o fato da elevação dos valores nas contas seria uma reclamação geral da população. Em algumas cidades da região, até mesmo grupos de Whatsapp já foram criados por pessoas que estão indignadas com a situação. “Eu e minha esposa trabalhamos fora o dia todo, quase nem paramos em casa. Não houve alteração no nosso dia a dia então gostaria de saber o motivo do aumento”, disse um dos reclamantes.

Cb image default
Em toda a região, pessoas estão descontentes com suposto aumento no valor das faturas - Imagem: Nova News

Na manhã desta quinta-feira (17), a reportagem do Nova News entrou em contato com a assessoria de comunicação da Energisa em Mato Grosso do Sul, que encaminhou uma nota à redação do site. No documento, a concessionária cita os possíveis motivos que possam ter, segundo ela, elevado o consumo de energia e consequentemente, causado aumento no valor das faturas.

Conforme a nota, as altas temperaturas registradas em Mato Grosso do Sul, principalmente no último mês de dezembro, causaram elevação do consumo de energia dos clientes, já que essa alteração que está sendo percebida nas contas de luz do mês de janeiro, é referente ao período de dezembro. Além disso, segundo a assessoria, o recesso escolar naturalmente já provoca aumento de consumo quando se refere a instalações residenciais.

Entrevista

Além de receber a nota de esclarecimento – disponível na íntegra abaixo – o Nova News agendou, para a tarde desta sexta-feira (18), uma entrevista com o coordenador comercial da Energisa em Mato Grosso do Sul, Jonas Ortiz Rudis, que fará uma visita à cidade de Nova Andradina, e comparecerá na redação do site para falar sobre o tema.

Nota da Energisa

A Energisa esclarece que as altas temperaturas registradas em Mato Grosso do Sul principalmente no último mês de dezembro causaram elevação do consumo de energia dos clientes da concessionária, já que essa alteração que está sendo percebida nas contas de luz do mês de janeiro, é referente ao período de dezembro. Além do fato citado anteriormente, o recesso escolar naturalmente já provoca aumento de consumo quando se refere a instalações residenciais.

As altas temperaturas exigem que equipamentos de refrigeração consumam mais energia para funcionar adequadamente. Unidades consumidoras com número elevado de equipamentos como ar condicionado, geladeiras, freezers, ventiladores e câmaras frias sofrem grandes variações de consumo nesse período. Residências e comércios como laticínios, frigoríficos e sorveterias são exemplos de unidades que se encaixam nesse perfil.

Em dezembro do ano passado, o consumo de energia foi recorde. Este comportamento pode ser explicado por um aumento na temperatura média em torno de 4% (fonte CPTEC/INPE), com horário de pico registrado por volta das 15h. Em 23 dias do mês de dezembro, a temperatura superou 25 graus, quando em novembro do mesmo ano, somente 14 dias ultrapassaram essa marca.

A empresa informa ainda, que está em contato com o Procon para quaisquer esclarecimentos. Dúvidas e mais informações, basta ligar no 0800 722 7272.

Dicas de economia

Ar condicionado

· Não deixar portas e janelas abertas em ambientes com ar condicionado

· Manter os filtros limpos

· Diminuir ao máximo o tempo de utilização do aparelho de ar condicionado

· Colocar cortinas nas janelas que recebem sol direto

Chuveiro elétrico

· Tomar banhos mais curtos, de até cinco minutos

· Selecionar a temperatura morna no verão

· Verificar as potências no seu chuveiro e calcular o seu consumo

Geladeira

· Só deixar a porta da geladeira aberta o tempo que for necessário

· Regular a temperatura interna de acordo com o manual de instruções

· Nunca colocar alimentos quentes dentro da geladeira

· Deixar espaço para ventilação na parte de trás da geladeira e não utilizá-la para secar panos

· Não forrar as prateleiras

· Descongelar a geladeira e verificar as borrachas de vedação regularmente

Iluminação

· Utilizar iluminação natural ou lâmpadas econômicas e apagar a luz ao sair de um cômodo; pintar o ambiente com cores claras

Ferro de passar

· Juntar roupas para passar de uma só vez

· Separar as roupas por tipo e começar por aquelas que exigem menor temperatura

· Nunca deixe o ferro ligado enquanto faz outra coisa

Aparelhos em stand-by

· Retirar os aparelhos da tomada quando possível ou durante longas ausências.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.